Mulher que causava ‘pânico por onde passava’ é presa no Tocantins

Agnaldo Araujo - | - 844 views
Foto: SSP/TO
Maria Lúcia de Souza da Silva

Maria Lúcia de Souza da Silva foi presa, na manhã desta segunda-feira (18), acusada de várias tentativas de homicídio na cidade de Taguatinga, sul do Tocantins. Ela foi detida em cumprimento de mandado de prisão preventiva.

Conforme o delegado de Polícia Civil, Márcio Duarte Teixeira, responsável pelo caso, a mulher vinha causando pânico por onde passava. Testemunhas e vítimas relataram que Maria Lúcia costumeiramente andava pela cidade portanto arma faca, sendo que, no dia 8 de dezembro de 2017, a suspeita entrou num bar da cidade e iniciou uma discussão com os cantores do estabelecimento.

Em seguida, ela sacou uma faca da cintura e desferiu vários golpes pelas costas de um homem. Na mesma data, uma servidora do Hospital São João Batista registrou boletim de ocorrência contra Maria Lúcia. A funcionária narrou que a mulher teria ameaçado servidores e uma médica, o que prejudicou o atendimento na unidade de saúde.

Já no dia 16 de dezembro, Maria Lúcia desferiu golpes de faca contra um casal que estava num bar da cidade. Diante disso, o delegado Márcio Duarte representou, ainda no dia 16, pela prisão preventiva da acusada.

A mulher foi recolhida na Cadeia Pública de Taguatinga, onde permanecerá à disposição da justiça.

Comentários pelo Facebook: