Sobral – 300×100
Seet

Novo presidente da OAB-TO prega combate forte ao caixa 2 nas eleições e o fim das campanhas ‘hollyudianas’

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Novo presidente da OAB prega combate forte ao caixa 2 nas eleições municipais

A nova diretoria da OAB-TO (Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins) foi empossada nesta quarta-feira, 27 de janeiro. O novo presidente Walter Ohofugi fez um apelo para a união da classe, anunciou que a diretoria será incansável na defesa das prerrogativas dos advogados e destacou a necessidade de implementar a campanha da OAB Nacional de forte combate ao Caixa 2 nas eleições municipais. Ohofugi foi eleito presidente da OAB-TO em novembro do ano passado com 1.412 votos (55,66% dos votos válidos).

“(Vamos) Buscar a união da classe com uma OAB inclusiva, onde todos possam participar independente do perfilhamento no último pleito. Esse é um recado claro que gostaríamos de repassar a todos advogados e advogadas: as eleições mais acirradas da história da OAB Tocantins acabaram e agora somos todos mais ordem, afinal a OAB é para todos. Sintam-se incluídos sem distinção. Não existe mais vencedores e vencidos. Venceu a classe que marchará unida rumo ao protagonismo”, destacou Ohofugi, no seu discurso, ao fazer uma alusão às três chapas que, inicialmente, disputaram o pleito do ano passado – OAB Para Todos, Somos Mais Ordem e OAB Protagonista.

Cobranças

Ohofugi destacou que a OAB terá uma relação de respeito e harmônica com todos os poderes constituídos, mas ressaltando que jamais haverá omissão. Nesse momento, o presidente aproveitou para avisar o governador Marcelo Miranda que a OAB será incansável na busca pela melhoria do piso salarial dos advogados que trabalham no Poder Executivo. “Logicamente reconhecendo o momento crítico que o Estado atravessa, mas vamos propor esse diálogo em breve para conseguir a valorização que outras categorias já alcançaram”, ressaltou o presidente.

O novo presidente cobrou, também, “a criteriosa apuração do crime que ceifou” nesta semana o advogado Wanderson Lira, “guerreiro ativista na luta pelo respeito à diversidade sexual”. Ele era servidor da Defensoria Pública do Tocantins.

Caixa 2

Ohofugi ressaltou que a nova diretoria será implacável no combate ao caixa 2 nas próximas eleições municipais. “Desde já conclamo os presidentes das subseções aqui presentes bem como a classe política que prestigia esse evento. Vamos colaborar para extirpar esse mal que afeta as gestões públicas”, destacou Ohofugi. O combate ao caixa 2 nas campanhas eleitorais é uma campanha da OAB Nacional, em parceria com a CNBB (Confederação Nacional dos Bispos do Brasil). As OABs em todo o país vão ser responsáveis pela implementação da campanha.

Para Ohofugi, o financiamento ilícito ou imoral das campanhas eleitorais é o nascedouro dos mais diversos problemas de gestão.

“Chega de campanhas ‘hollyudianas’, vamos prestigiar ideias e os bons exemplos, pois afinal quem paga a conta somos nós”, destacou.

Ohofugi também reafirmou que em hipótese alguma será candidato à reeleição, conforme prometido em campanha.

Ohofugi ainda ressaltou o papel da mulher na nova gestão, já que mais da metade dos eleitos na sua chapa são do sexo feminino. “Alias, este protagonismo do gênero feminino já alcançamos nas eleições passadas, quando essa diretoria se formou com mais da metade dos componentes do Conselho Estadual sendo de mulheres. Um feito histórico e inédito no Brasil e, muito provavelmente, no Brasil”, frisou.

Cerimônia

O evento contou com a presença do vice-presidente nacional ad OAB, Carlos Lamachia, do governador Marcelo Miranda, do presidente do Tribunal de Justiça Ronaldo Eurípides, do presidente nacional das Associações dos Procuradores dos Estados, Marcello Tetto e Silva, várias autoridades do Judiciário Federal, do Trabalho, deputados federais, entre outros. Logo no início do evento, foi apresentado um vídeo do presidente nacional da OAB, Marcos Vinicius Coêlho, com uma mensagem de sucesso à nova diretoria e os agradecimentos à gestão de Epitácio Brandão.

Comentários pelo Facebook: