Para 2º turno, Carlesse e Vicentinho devem buscar apoio de candidatos derrotados

Agnaldo Araujo - - 952 views
Foto: Divulgação
Mauro Carlesse (esq.) e Vicentinho Alves (dir.)

Nielcem Fernandes // AF Notícias

Após o resultado da eleição suplementar desse domingo (3), dois candidatos se habilitaram para o 2º turno. O candidato da coligação ‘Governo de Atitude’, Mauro Carlesse (PHS), obteve 30% dos votos válidos contra 22% do candidato Vicentinho Alves (PR), da coligação ‘É a Vez dos Tocantinenses’.

O 2º turno será no próximo dia 24 e os candidatos já estão liberados para retomar suas campanhas. Como houve uma pulverização de votos entre os sete candidatos que disputaram o primeiro turno, a corrida agora é em busca dos eleitores de Carlos Amastha, que representaram 21%%, de Kátia Abreu, 15%, e do novato na disputa eleitoral, o ex-juiz Márlon Reis, 9,9%.

Além disso, os candidatos vão atrás dos votos nulo, brancos e abstenções, que somaram quase 50%.

A caça aos votos já recomeçou e os dois candidatos terão apenas três semanas para demonstrar suas habilidades juntos aos eleitores e ex-adversários. É mais provável, porém, que os candidatos derrotados adotem uma postura de isenção neste segundo turno, já que são críticos da velha política.

Calendário Segundo turno

8 de junho: Inicia a propaganda eleitoral gratuita no rádio e televisão;

21 de junho: Último dia para propaganda por meio de reuniões públicas ou comícios;

22 de junho: Termina a propaganda eleitoral gratuita no rádio e televisão, em caso de segundo turno. É também o prazo final para os candidatos divulgarem propaganda paga em imprensa escrita.

23 de junho: Encerra o prazo para propaganda eleitoral, caminhadas, passeatas, distribuição de materiais, em caso de segundo turno;

24 de junho: Dia da eleição, realizada das 8h às 17h;

6 de julho: Último dia para a Justiça Eleitoral julgar as contas do candidato eleito em segundo turno;

9 de julho: Fim do prazo para a diplomação dos candidatos eleitos, em caso de segundo turno.

Comentários pelo Facebook: