Sobral – 300×100
Seet

Peça teatral conta história do nascimento de Jesus Cristo e sua volta nos dias atuais

Redação AF - |
Foto: Leila Mel
O grupo ArtPalco apresentou a peça O auto de Natal

O Grupo ArtPalco apresentou a peça o “Auto de Natal”, dentro da programação da Vila de Natal em Araguaína (TO), na noite da última quinta-feira (24). A peça contou a história do nascimento de Jesus nos dias atuais, uma forma de lembrar o verdadeiro sentido da data.

Em 30 minutos de encenação, os oito artistas mostraram ao público como seria a vinda de Cristo nos nossos dias. Maria e José dos tempos de hoje também não encontraram um hotel para repousar de uma longa viagem e a única pessoa que ajudou o casal foi um morador de rua. Durante a peça, os três reis magos também foram representados por pessoas dos dias atuais: uma cozinheira, um marceneiro e uma professora.

O aposentado Hilton Manoel Teixeira destacou a importância de mostrar o verdadeiro motivo do Natal. “Uma peça muito boa, porque a maioria das pessoas considera o Natal como um feriado, dia de comer bem, dia de dar presentes e não vê realmente o sentido do Natal, que é o nascimento de Jesus Cristo. Eu sempre passo isso para a minha família, sempre prego isso na minha casa, a festa pode ser bonita, mas pensando em Jesus”, disse emocionado.

Foto: Leila Mel
O presépio montado por Hivana Márcia Barros foi o vencedor do concurso

Concurso de presépios

Depois da apresentação do Auto de Natal, o secretário municipal de Esportes, Cultura e Lazer, Willamas Ferreira, anunciou os vencedores do 1º Concurso de Presépios de Araguaína. Em primeiro lugar ficou o presépio montado por Hivana Márcia Barros.

Hivana explicou que montou o presépio com peças rústicas, mas simples. “Também queria dar movimento ao presépio, então a vaquinha e o cavalo se mexiam”, disse.

Em segundo lugar ficou o presépio do artesão Antônio Félix Neto Alves de Sousa, com peças todas feitas de sucatas. O terceiro lugar ficou para Isadora Barros Previato, com um presépio tendo a maioria das peças feitas de pano e de objetos que não eram mais usados em casa.

O quarto lugar foi para o presépio de Marly Aparecida de Almeida, que montou as peças a partir de bucha vegetal. O presépio montado por Diana Dhesica ficou em quinto lugar. A estudante utilizou palhas de coco de babaçu e para os personagens utilizou TNT.

Papai Noel

O Bom Velhinho também apareceu na Vila de Natal, instalada na Praça do Setor Noroeste, para conversar com as crianças e deixar uma lembrança para todas. O pequeno João Lucas, 9 anos, foi um dos que ganhou uma lembrança. “Peguei a bola pra mim, porque eu gosto de jogar bola e vou brincar com meu primo”, disse contente João Lucas.

A mãe de João, Maria Salomé Santos do Nascimento, também ficou emocionada ao ver a alegria do filho. “Ele gostou muito porque ele é empolgado com o Papai Noel”, disse Maria Salomé.

Foto: Leila Mel
O objetivo da peça apresentada era resgatar o verdadeiro sentido do natal

Comentários pelo Facebook: