PF prende cinco pessoas em Araguaína, Xambioá e Wanderlândia por tráfico de drogas

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Sede da PF em Araguaína

A Polícia Federal prendeu três pessoas em Araguaína, uma em Wanderlândia e outra em Xambioá durante a Operação Narcos deflagrada em três Estados contra o tráfico de drogas, na manhã desta quinta-feira (08).

Além do Tocantins, policiais federais cumpriram mandados de prisão em Goiânia (GO) e em Balsas e São Luís, no Maranhão. Foram apreendidos 19 quilos de cocaína e nove quilos de maconha, além de insumos usados para o refino de drogas.

A PF informou que em Goiás e no Maranhão as prisões foram feitas em presídios, já que os criminosos estavam presos por outros crimes.

Segundo o delegado Orlando Cavalcante Neves Neto, responsável pela operação, os suspeitos foram presos em virtude de outras investigações. Eles integravam a organização fornecendo insumos para o refino da droga no Tocantins ou ajudando na revenda.

ENTENDA

A operação deflagrada na manhã desta quinta é em continuação das investigações que resultaram no fechamento de um laboratório de refino de drogas, inclusive cocaína, que funcionava dentro de uma kitnet localizada na Rua 09 de Julho, Setor Oeste, em Araguaína.

O caso ocorreu em abril de 2017 e três suspeitos foram presos na época.

(Com informações do G1)

VEJA MAIS

Polícia Federal encontra casa que funcionava como laboratório de refino de drogas; três são presos

Comentários pelo Facebook: