Seet
Sobral – 300×100

Político teria prometido ‘uma surpresa’ em acampamento destruído pelo fogo, afirma MST

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação/MST
O incêndio destruiu cerca de 50 barracos

O Acampamento Padre Josimo, em Carrasco Bonito, na região do Bico do Papagaio, foi destruído pelo fogo na tarde de segunda-feira (14). De acordo com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), 80 famílias moram no local e foram surpreendidas com o incêndio de grandes proporções. Mais de 50 barracos foram queimados, segundo o movimento.

“Eles estavam no acampamento quando o fogo começou. Adultos e crianças tentaram controlar as chamas, mas como estamos no período seco e o lugar é extenso, o fogo foi pulando de barraco para barraco”, relatou o coordenador do MST no Tocantins, Antônio Bandeira.

O coordenador também contou que essa é a segunda vez que o acampamento é incendiado. A ação não deixou vítimas fatais, mas algumas famílias perderam todos os seus pertences, além de uma grande quantidade de alimentos que foi queimada. Os moradores do acampamento acreditam que o incêndio foi criminoso.

Os trabalhadores da região denunciaram que já vinham sofrendo ameaças. “Há cerca de dez dias uma figura política, um fazendeiro e empresário da região andou dizendo que em breve os acampados poderiam receber uma surpresa”, disse Messias Barbosa, da coordenação do MST.

Antônio Bandeira disse que espera uma atitude do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). “Diante dessa situação, esperamos uma atitude do Incra, que tem sido extremamente inoperante e tem se colocado totalmente contra os Sem Terra, inclusive criminalizando o movimento e dando total apoio aos grileiros que aterrorizam os acampados há mais de dois anos”, afirmou.

Comentários pelo Facebook: