Secretaria Estadual de Saúde desmarca cirurgia pela 2ª vez e frustra sonho de criança

Agnaldo Araujo - | - 633 views
Foto: AF Notícias
A menina precisa fazer duas cirurgias

Márcia Costa//AF Notícias

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) desmarcou pela segunda vez a cirurgia da pequena Ester Vitória dos Santos Lima, de 9 anos, que deveria ser realizada no Hospital Regional de Araguaína. Durante essa semana, a Sesau divulgou que a cirurgia de enxerto de pele seria realizada nesta quinta (20), após a menina ser internada no HRA.

Porém, a mãe da criança afirmou que recebeu uma ligação de um servidor do hospital desmarcando a cirurgia. Ele teria dito que a menina não poderia ser internada, pois o médico tem que seguir uma regulamentação e atender conforme a fila de espera.

“Disseram que não era para irmos mais ao hospital. O médico está disposto a fazer a cirurgia, mas existe uma regulamentação e ele tem que seguir, que é atender por ordem de espera. Eu estou desesperada por causa da idade e situação da minha filha. Estou com meus nervos à flor da pele porque não é a primeira vez que eles desmarcam. Hoje a minha única garantia está sendo a fé e a venda das rifas”, disse a mãe da Ester, ao lembrar da ação que está realizando para conseguir dinheiro para pagar a cirurgia na rede particular.

Em nota, a Sesau tinha confirmado que depois da cirurgia de enxerto seria dado início ao tratamento de Ester. Com a recuperação, a menina ainda passaria pela cirurgia de correção dentária e, em seguida, a rinoplastia (cirurgia plástica) indicada para correção do nariz.

A menina já deveria ter feito as cirurgias em novembro do ano passado, mas o Hospital Regional de Araguaína está sem materiais cirúrgicos infantis e cirurgião plástico. Em razão disso, a família fez uma denúncia ao Ministério Público Estadual.

A mãe relatou que sua filha está sofrendo bullying na escola. Diante disso, a família resolveu vender rifas para conseguir o dinheiro das cirurgias. “Eles me ligaram e disseram que a cirurgia seria feita. Agora eu não posso mais depender do hospital. Minha solução é pedir que comprem essa rifa e nos ajudem a realizar o sonho da minha filha”, disse.

Entenda

A pequena Ester ainda não foi operada em decorrência da falta de materiais cirúrgicos infantis e cirurgião plástico no Hospital Regional de Araguaína. Ela precisa fazer duas cirurgias: uma é a rinoplastia e a outra é o enxerto de pele.

A criança já deveria ter realizado o tratamento, mas não o fez por falta de assistência na rede pública e da pouca condição financeira da família. Cansada de esperar, a mãe resolveu vender rifas para pagar as cirurgias na rede particular.

A rifa custa apenas R$ 5 e será sorteado R$ 600 em prêmios, sendo 1 selagem, 1 toalha de banho, 1 sutiã, 1 necessarie femina, 1 kit de biju feminina. O sorteio será no dia 19 de agosto. Os interessados em ajudar podem entrar em contato pelos telefones (63) 99223-9339 ou pelo (63) 99211-4241.

Veja mais

Família faz rifa para pagar cirurgia de criança por falta de assistência na rede pública

Comentários pelo Facebook: