Sobral – 300×100
Seet

Novo secretário de Saúde consola médicos do Hospital Regional: ‘tenham certeza que não estão abandonados’

Redação AF - |
Foto: Sara Cardoso
Reunião com médicos

O novo secretário de Estado da Saúde do Tocantins, o carioca Marcos Esner Musafir, teve umaa longa reunião com médicos do Hospital Regional de Araguaína (HRA), onde os profissionais tiveram a oportunidade de falar abertamente sobre as dificuldades enfrentadas na unidade e dar sugestões para a melhoria do atendimento à população. O encontro ocorreu na noite desta segunda-feira (22) em Araguaína.

Foto: Sara Cardoso
Médica Jane Augusto culpou falha da atenção básica por superlotação no Regional.

Atenção básica não funciona como deveria

Na ocasião, os profissionais relataram alguns problemas com abastecimento, infraestrutura e equipamentos, além de atribuir ao Município a culpa pela superlotação na unidade. “Temos problemas que sabemos que não são comuns apenas desta unidade, principalmente com o abastecimento. Além disso, a rede de saúde do Estado não funciona, isso inclui a atenção básica dos municípios e os hospitais de referência, o que acaba sobrecarregando o hospital regional de Araguaína, porque os pacientes vêm para cá buscar atendimento”, disse a médica Jane Augusto Gonçalves .

Empresas são culpadas pela falta de medicamentos, diz secretário

Já o secretário Marcos Musafir culpou as empresas pelo desabastecimento dos hospitais e disse que precisa da ajuda dos servidores para que as coisas aconteçam. “Nossa parte nós vamos fazer, estamos fazendo. As empresas que estão se negando a fazer entregas de medicamentos e insumos estão sendo notificadas. Nós solicitamos e os hospitais já estão enviando inventário do que tem no estoque de cada unidade para que tenhamos dados verdadeiros do que está faltando e onde pudemos buscar. O melhor Plano de Cargos e Salários está aqui no Tocantins, os melhores salários de médicos estão aqui. Essa situação difícil vai passar, vamos fazer novas licitações, mas preciso que agora vocês me ajudem”, disse o secretário.

Reaproximação com os profissionais

O médico radioterapeuta do HRA, Roberto Montenegro, destacou que a aproximação com os servidores é um passo muito importante para que venham soluções. “Renasce uma esperança à medida que o secretário se dispôs a marcar uma reunião com o corpo clínico procurando uma aproximação com os servidores. A gente tem que acreditar que vai melhorar porque ele demonstra que está querendo resolver os problemas, e o mais importante é que ele foi claro, explicou que a situação não é fácil e não trouxe falsas soluções. Apresentou os dados financeiros e acredito que ele vai trabalhar para melhorar os números”, ressaltou o médico.

Câmara Técnica

O novo secretário propôs a criação de uma Câmara Técnica para que sejam discutidos os principais problemas e criados mecanismos de melhoria dos serviços. “Quero que vocês tenham certeza que não estão abandonados pela Secretaria, nós estamos juntos, em um só time. Tudo o que ouvi de vocês vou levar para o governador. Não serei irresponsável em fazer promessas que não poderão ser cumpridas, não dá para fazer gestão apagando incêndio, temos que ter planejamento e nossa proposta é que trabalhemos juntos e encontremos soluções para oferecer melhores condições de assistência ao usuário. Sem a união entre os profissionais de Saúde e o grupo gestor da Secretaria não haverá solução”, disse o secretário.

Visitas aos hospitais 

Essa foi a terceira vez que o secretário Marcos Musafir esteve no Regional de Araguaína. Um encontro como este também já foi realizado com os médicos do Hospital Geral de Palmas (HGP) na semana passada.  O HRA conta com 163 médicos e recebe pacientes do Tocantins e de cidades do Pará, Maranhão e Mato Grosso.

 

Comentários pelo Facebook: