Servidor do TRT é preso após fazer exame da OAB para outra pessoa no Tocantins

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
O homem foi preso pela Polícia Federal

A Polícia Federal prendeu em flagrante um homem após ele fazer a prova da 2ª fase do exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para outra pessoa, em Palmas, neste domingo (21). O nome dele não foi divulgado.

O suspeito é servidor do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo e foi preso no Colégio Marista, na região central da capital. Ele foi encaminhado à sede da PF para prestar depoimento e depois recolhido à Casa de Prisão Provisória de Palmas.

O homem também teria fraudado a 1ª fase do exame da OAB e os fiscais verificaram o crime depois que constataram indícios do uso de documentação falsa na etapa anterior.

A PF informou que o homem já responde por crime semelhante praticado em 2015, em Minas Gerais. Ele foi autuado em flagrante por uso de documentos falsos.  A pessoa que contratou os serviços também vai responder pelo mesmo crime e não será aceito na Ordem dos Advogados do Brasil.

As provas da 2ª fase do exame da OAB foram aplicadas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). A banca organizadora ainda não comentou o caso.

Comentários pelo Facebook: