Sobral – 300×100
Seet

TSE nega pedido de cassação do deputado estadual Olyntho Neto por suposta compra de votos

Redação AF -
Foto: Divulgação
Deputado estadual Olyntho Neto (PSDB)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitou por unanimidade, na sessão extraordinária desta segunda-feira (28), recurso contra Olyntho Garcia de Oliveira Neto, deputado estadual do Tocantins pelo PSDB. Com isso, o mandato do parlamentar foi mantido.

Os ministros entenderam que não ficou caracterizada compra de votos em suposto episódio em que uma servidora pública do Município de Araguaína teria oferecido dinheiro a eleitor em favor do apoio ao candidato.

Ao negar o recurso do Ministério Público Eleitoral (MPE), a ministra Luciana Lóssio, relatora do caso, afirmou que a gravação, além de ter sido editada, não traz qualquer prova de compra de votos. O caso teria ocorrido dentro de um posto de saúde e gravado por um repórter de um programa de Tv local, nas eleições de 2014.

O deputado Olyntho informou que a decisão do TSE representa justiça. “Lamentavelmente alguns adversários políticos recorrem a artifícios para tentar denegrir nossa imagem, mas a justiça existe e esse resultado é prova disso”, disse o parlamentar completando que “ataques ou artimanhas de opositores não irão tirar o foco do seu objetivo que é representar a população na defesa dos seus interesses”.

Comentários pelo Facebook: