Sobral – 300×100
Seet

Vereador doa parte do seu salário a professores que tiveram contracheque zerado

Redação - | - 826 views
Foto: Divulgação
Geo doou parte do seu salário para professores com ponto cortado

Em Palmas, o vereador Professor Júnior Geo (Pros) doou uma parte de seu salário aos professores que tiveram o ponto cortado e ficaram sem renda porque permaneceram firmes no movimento grevista, em setembro. Esta atitude do parlamentar foi divulgada ontem (03), por meio de uma nota enviada ao T1 Notícias.

O site de notícias repercutiu que vereadores palmenses receberam salário integral e ainda pediram verba indenizatória (Codap) mesmo não frequentando com assiduidade a Casa de Leis.

Por sua vez, Geo reagiu e garantiu que o dinheiro que ele receberia nos dias que esteve ausente foi doado ao grupo de professores que teve o ponto de frequências cortado pelo prefeito Carlos Amastha (PSB), durante a greve da Educação em Palmas.

A nota do vereador não detalha exatamente quanto é o valor doado, mas ressalta que ele foi calculado e doado para que os educadores se alimentem.

“Eu calculei o valor referente aos dias de minha ausência e encaminhei aos professores cujo o ponto foi cortado pelo Executivo do município de Palmas para que fossem feitas aquisições de cestas básicas”, destaca Júnior Geo.

CORTE DE PONTO

Circulam nas redes sociais, vídeos e imagens que pedem doações aos professores que tiveram seu ponto de frequência cortado. Conforme um destes virais, alguns educadores receberam menos de R$ 200,00 neste mês.

Para tentar ajudar aqueles que estão em situação mais crítica, sem dinheiro sequer para fazer compras, uma campanha de doação de alimentos está sendo realizada na Capital.

O ponto dos professores foi cortado a pedido do prefeito Carlos Amastha que garante, com o aval da Justiça, que o movimento dos educadores era ilegal.

A greve foi suspensa sem negociação com a prefeitura. Por esta razão, na Assembleia Geral em que a decisão foi tomada, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Tocantins (Sintet) enfatizou muito que, a qualquer momento, ela poderá ser reiniciada.

 

 

Comentários pelo Facebook: