Agora é oficial

Governador sanciona lei, e Araguaína recebe título oficial de capital econômica do Tocantins

De autoria do deputado Marcus Marcelo, lei foi sancionada no último dia 18.

Por Redação 687
Comentários (0)

26/07/2023 11h51 - Atualizado há 10 meses
Araguaína é a Capital Econômica do Tocantins.

O deputado estadual Marcus Marcelo (PL) comemorou a publicação da lei de sua autoria que declara oficialmente Araguaína como Capital Econômica do Tocantins.

A lei foi sancionada no dia 18 de junho pelo governador Wanderlei Barbosa e, segundo o parlamentar, mostra a relevância da cidade tanto por sua história quanto por sua importância para o Estado e municípios da Região Norte do Brasil.

Fico lisonjeado que seja de minha autoria uma lei repleta de tanto merecimento. Poder tornar esse título oficial é gratificante, quero agradecer a sensibilidade dos colegas deputados e do governador, por entender a importância dessa lei para os araguainenses”, declarou o parlamentar.

Ao justificar o título, Marcus Marcelo explica que o município faz parte da importante região de expansão da fronteira agrícola das regiões Norte e Nordeste, estando estrategicamente em um corredor econômico.

História

Araguaína é um dos primeiros municípios do Estado do Tocantins. O território do município já era ocupado há muitos anos por tribos indígenas da etnia Karajá. Araguaína é localizada entre dois rios Lontra e Andorinhas e seus primeiros colonizadores cultivavam cereais básicos para a subsistência das famílias, contudo a cultura do café aconteceu com vistas ao lucro e tornou-se a atividade predominante sendo abandonada devido às dificuldades de escoamento da produção devido à ausência de vias terrestres para o transporte o principal motivo.

Em 1948 o município, então povoado, recebeu o nome de Povoado Araguaína, em homenagem ao Rio Araguaia, mas, somente em 1958, através da Lei Estadual nº 2.125, foi decretada a criação do município de Araguaína.

Desenvolvimento surpreendente

O desenvolvimento econômico-social do município começou efetivamente a partir de 1960, com a construção da rodovia Belém-Brasília. No período de 1960 a 1975, Araguaína atingiu um estágio de desenvolvimento sem precedentes na história do Estado de Goiás, tornando-se a quarta maior cidade do estado de 1980 a 1986, perdendo somente para Luziânia, Anápolis e Goiânia.

Com o advento da criação do Estado do Tocantins, em 1989, Araguaína tornou-se a maior cidade do Estado e pretensa capital. A escolha não aconteceu por causa de fatores geográficos, sociais e políticos, mas o município ganhou popularmente o título de Capital Econômica do Estado, sendo atualmente a principal força econômica do Tocantins.

Além do mais, a cidade é ainda um dos mais importantes municípios do Tocantins e da Região Norte do país em razão de seus limites fronteiriços que fazem parte da importante região de expansão da fronteira agrícola das regiões Norte e Nordeste e da extensão geográfica do Matopiba. 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.