Luto no Tocantins

Barulho de foguetes pode ser a causa de tragédia em gruta; Governo decreta luto oficial de três dias

Por Redação AF
Comentários (0)

02/11/2016 09h18 - Atualizado há 1 semana
Equipes do Corpo de Bombeiros, da Defesa Civil Estadual, da Policia Militar, Polícia Civil, e Polícia Militar Ambiental, trabalharam nesta terça-feira, 1º de novembro, no atendimento das vítimas do desabamento de parte da gruta conhecida como Casa de Pedra, em Santa Maria do Tocantins. O acidente atingiu romeiros que finalizavam uma celebração religiosa em homenagem a todos os santos da Igreja Católica. A tragédia causou a morte de 10 pessoas e aconteceu em uma área rural no município, distante 278 quilômetros de Palmas. As vítimas são dos municípios de Pedro Afonso, Itacajá e Santa Maria, região centro-norte do Tocantins. O Governador Marcelo Miranda decretou luto oficial de três dias em homenagem às vítimas. De acordo com moradores da região, apesar da pouca divulgação, a celebração na gruta Casa de Pedra acontece há décadas e atrai cerca de 600 pessoas todos os anos. O acidente teria acontecido por volta das 10 horas da manhã, após a celebração da missa, quando algumas pessoas ainda estavam na parte interna da gruta, fazendo orações e pagando promessas. A área é considerada sagrada pelos moradores locais, pois ali teria sido encontrada uma estátua religiosa no século passado, fato que atraiu sucessivas peregrinações de fiéis nos anos seguintes. A gruta Casa de Pedra, que é formada por arenito e sedimentos de rocha, teria sofrido um microssismo após movimentação sonora provocada por foguetes festivos, lançados nos minutos finais da festividade. Segundo o espeleólogo e professor doutor da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Fernando Morais, o barulho produzido pelos foguetes, provavelmente, teria rompido o estado de equilíbrio das rochas no local. “Por ser uma superfície de arenito, ela está propícia ao desequilíbrio e isso acontece à medida em que se intensificam as visitas a locais como aquele. A orientação é que as pessoas não visitem cavernas e grutas sem o devido acompanhamento técnico”, afirmou. Resgate Participaram da ação, moradores da região, romeiros que estiveram no local horas antes da tragédia, além de militares do Corpo de Bombeiros de Colinas e das polícias Militar, Militar Ambiental e Civil de Pedro Afonso. Segundo um morador de Santa Maria, o eletricista Holcinei da Silva Araújo, apesar de não estar no local na hora do acidente, ele chegou minutos depois e ajudou a resgatar os mortos, além de auxiliar no transporte dos cinco feridos. Holcinei informou que a maioria dos corpos estavam com múltiplas fraturas em várias partes do corpo e apenas uma delas apresentava sinais de asfixia. “As pessoas disseram que o teto da gruta caiu depois que soltaram um foguete. Quando cheguei, os mortos estavam com mais de um metro de areia em cima deles”, afirmou, acrescentando que o organizador do evento também teria morrido no desabamento. Segundo a prefeita municipal de Santa Maria, Helen Ruth Freitas Souza, tão logo ficou sabendo da tragédia, determinou a mobilização e o custeio dos funerais das vítimas que residiam na cidade. “É um momento muito triste para Santa Maria. Estamos todos de luto”, ressaltou. Orientações De acordo com o major bombeiro Cássio de Souza Pedro, da Defesa Civil Estadual, que realizou uma vistoria no local após o acidente, a gruta oferecia perigos aos frequentadores por ser composta de arenito, material frágil que se decompõe facilmente. “A gruta está localizada em uma propriedade particular. A Defesa Civil orienta a população a evitar aglomerações em ambientes que não ofereçam segurança e que não estejam regulamentados para a visitação”, advertiu. (Wherbert Araújo)

Comentários (0)

Mais Notícias

Violência

Homem é executado a tiros enquanto andava de bicicleta pelas ruas de Araguaína

A polícia afirmou que o homem era usuário de drogas e morreu ainda no local onde foi alvejado pelos disparos.

Em Araguaína

Presos que simularam suicídio ao matar colega de cela são condenados a 20 anos

O crime ocorreu em novembro de 2014. Os condenados ainda tentaram simular que a vítima havia cometido suicídio.

Homicídio

Homem é executado a tiros no meio da rua no setor Planalto em Araguaína

A vítima seria conhecida como ‘Malaia’, mas ainda não teve a identidade confirmada.

Justiça

Homem que furtou dois desodorantes não responderá por crime no Tocantins

Os funcionários do supermercado perceberam a ação e perseguiram o suspeito.

Crime bárbaro

Pai e filho são carbonizados e mãe degolada na própria chácara no Tocantins

A polícia investiga se o caso é um homicídio ou latrocínio. O carro da família também foi queimado.

Jogo de sinuca

Aposta em bar termina em confusão e homem baleado na cabeça no norte do Estado

Os dois discutiram, o autor atirou na cabeça da vítima e tentou fugir, mas foi encontrado nas proximidades do bar.

Araguaína

Corpo de homem é encontrado com marcas de tiros em rua do Setor Presidente Lula

Profissionais do Samu foram acionados, mas apenas constataram o óbito.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.