43 e 66 anos

Duas pessoas morrem de parada cardiorrespiratória no intervalo de 1h em Araguaína

As duas vítimas passaram mal enquanto almoçavam.

Por Redação 4.108
Comentários (0)

01/03/2021 08h18 - Atualizado há 9 meses
Bombeiros militares e Samu atuaram nas duas ocorrências

Duas pessoas morreram de parada cardiorrespiratória no intervalo de apenas uma hora neste sábado (27), em Araguaína. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado nos dois casos, mas não conseguiu reanimar as vítimas.

O primeiro chamado foi às 11h18, na Rua Rio Branco, no Setor Santa Terezinha. Segundo os bombeiros, tratava-se, inicialmente, de desmaio. Mas assim que a equipe chegou ao local e avaliou o caso, constatou que o paciente Pedro Carneiro Leão da Silva, de 66 anos, estava em parada cardiorrespiratória.

Os socorristas iniciaram as manobras de reanimação cardiopulmonar e também solicitaram apoio da unidade de suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que deu continuidade ao atendimento numa ação conjunta.

Entretanto, mesmo com todos os esforços das duas equipes, o paciente veio a óbito. Familiares relataram que o idoso já tinha histórico de problemas cardíacos. Pedro passou mal quando estava almoçando.

A segunda ocorrência do dia com vítima de parada cardiorrespiratória foi às 12h23.

O chamado veio da Avenida Filadélfia, do Jardim Filadélfia, às margens da Via Lago. A situação também tinha características de desmaio e, assim que chegaram ao local, os socorristas deram continuidade às massagens que o paciente José Luiz Dias da Silva, 43 anos, já estava recebendo.

Apesar da equipe de resgate ter assumido os trabalhos com a vítima, realizando os protocolos de primeiros socorros para parada cardiorrespiratória, em conjunto com o SAMU, a vítima faleceu.

Os familiares relataram que José Luiz também tinha histórico de problemas cardíacos e almoçava quando passou mal.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.