Tocantins

Garota de programa é indiciada por acusar homem casado de estupro após discordar do preço

Segundo a polícia, o homem é casado e na verdade teria combinado a relação sexual com a jovem mediante pagamento.

Por Redação 7.271
Comentários (0)

11/10/2019 10h32 - Atualizado há 2 meses
Caso foi em Colmeia

Uma jovem de 20 anos foi indiciada pela Polícia Civil por falsa acusação de estupro supostamente praticado por um homem de 36 anos, em Colméia (TO). Se condenada, ela pode pegar até 8 anos de prisão.

Segundo a polícia, o homem é casado e na verdade teria combinado a relação sexual com a jovem mediante pagamento.

O delegado Roberto Assis afirmou que a relação sexual ocorreu próximo a um motel da cidade, uma vez que o homem não tinha dinheiro para pagar pelo quarto do estabelecimento.

Porém, a jovem, desacordando do preço do programa ou por outro motivo que desconhecemos, saiu de onde estavam, de dentro do carro da vítima, e pediu para parar no Posto Sales. Lá, continuou consumindo bebida alcoólica até 05 horas da manhã, conforme câmeras de segurança”, afirmou.

Ainda de acordo com o delegado, no dia seguinte a jovem informou a familiares e amigos que tinha sido vítima de estupro.

No entanto, as investigações da Policia Civil de Colméia comprovaram que a relação sexual foi consentida. “Identificamos que a denunciante inverteu as informações repassadas à polícia, movimentando todo um aparato policial para falsamente acusar um homem que sabia inocente”, disse o delegado.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.