Condenado

Homem pega só 4 anos de prisão por tentar matar ex-esposa com facão em Araguaína

Eles foram casados durante 20 anos, mas estavam separados na época do crime.

Por Redação
Comentários (0)

15/10/2021 05h57 - Atualizado há 1 mês
Crime ocorreu em 2020

Joziel Vieira da Silva foi condenado nesta quinta-feira (14) pelo crime de tentativa de feminicídio praticado contra sua ex-esposa, Maria Aquina de Jesus, em 8 de dezembro de 2020 na cidade de Araguaína.

A pena para o réu foi estabelecida em 4 anos e 9 meses de reclusão, em regime inicialmente fechado, mais o pagamento de indenização à vítima no valor de R$ 5 mil. O Ministério Público do Tocantins (MPTO) vai recorrer da sentença para que a pena seja aumentada.

Na sessão de julgamento, o promotor de Justiça Guilherme Deleuse narrou que Joziel tentou matar a vítima por motivo fútil, inconformado com a separação do casal, ocorrida cerca de dois anos antes. Eles haviam sido casados por 20 anos.

No dia do crime, o autor se dirigiu ao local de trabalho da vítima no loteamento Araguaína Sul. Após xingá-la, ele derrubou a ex-esposa no chão e desferiu um golpe de facão contra sua barriga. Em seguida, eles entraram em luta corporal, sendo que Maria Aquina de Jesus conseguiu gritar por socorro. A polícia foi acionada e conseguiu prender Joziel Vieira da Silva ainda no local.

Além da motivação fútil, o Tribunal do Júri reconheceu as qualificadoras de utilização de recurso que dificultou a defesa da vítima e de circunstância configuradora de feminicídio sustentadas pelo Ministério Público.

O réu encontra-se detido desde a data do crime na Casa de Prisão Provisória de Araguaína.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.