Operação

Mais de 20 pessoas são presas por homicídio, estupro e vários outros crimes em Paraíso

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

14/03/2018 08h41 - Atualizado há 1 semana
A Polícia Civil deflagou a operação 'Varredura', nessa segunda-feira (12) e terça-feira (13), e  prendeu mais de 20 pessoas por diversos crimes praticados em Paraíso do Tocantins. Os principais são homicídio, tráfico de drogas, atos libidinosos e estupro. Também há presos por não pagamento de pensão alimentícia. Até o momento, um total de 23 pessoas foram detidas. Foram presos durante a operação Alex Sandro Andrade Silva, de 26 anos, acusado pelo crime de lesão corporal; Edemar Lodi, 64 anos, acusado pelo crime de posse ilegal de arma de fogo; Lourivan Lira Vasconcelos, de 39 anos, acusado pelo crime de receptação; Lucas Freire de Sousa, de 23 anos, pelo crime de roubo majorado; Marcos da Silva Mota, de 35 anos, acusado pelo crime de homicídio; Miguel Francisco Alves, de 57 anos, acusado pelo crime de disparo de arma de fogo. Mirian Ribeiro Rodrigues, de 41 anos, é acusada pelo crime de estupro de vulnerável; Orley Moreira dos Santos, 43 anos, acusado pelo crime de embriaguez ao volante; Vanderlei Lobo Dias, de 37 anos, pelo crime de vias de fato; Waldeis Lacerda Abreu, de 47 anos, acusado pelo crime de posse de drogas; Wilisson Renner Gomes Milhomem, de 47 anos, pelo crime de homicídio qualificado; Paulo Sérgio Brito Reis, de 42 anos, acusado pelo crime de posse ilegal de munição e Liomar Rodrigues de Sousa, de 44 anos, pelo crime de estupro de vulnerável. Já José Antonio Lima Ferreira, de 46 anos, é acusado de atos libidinosos; Petly Murilo Costa Oliveira, de 25 anos, foi preso por tráfico de drogas; Nilson Alexandre, de 50 anos, pelo crime de cultivo de drogas; Geovane Dantas da Silva, João Dantas Cardoso, Régino Cardial Brandão e Antônio Francisco Neto tiveram suas prisões decretadas por falta de pagamento de pensão alimentícia Pedro Ferreira da Costa Junior, de 30 anos, foi detido preventivamente; Valdomiro Alves de Oliveira, de 49 anos, pelo crime de homicídio qualificado e Alessandro Marinho Barros, de 37 anos, preso em virtude de cumprimento de mandado de prisão preventiva. Todos os presos foram encaminhados à Casa de Prisão Provisória de Paraíso do Tocantins. Conforme a delegada Suraia Carvalho Vilela, titular da Delegacia Interestadual Capturas (Polinter), a operação está sendo deflagrada seguindo o planejamento estratégico da Secretaria de Segurança dentro do plano de ações de enfrentamento a organizações criminosas. O Secretário da Segurança Pública, César Roberto Simoni, ressaltou a importância da operação, destacando que mais ações como essa serão realizadas pela Polícia Civil. O Estado está fazendo sua parte e combatendo firmemente a criminalidade de forma eficiente e estratégica, sendo que esta é apenas a 1ª etapa da operação Varredura”, pontuou.

Comentários (0)

Mais Notícias

Lagoa da Confusão

Morador de rua é suspeito de matar colega quatro dias depois de sair da prisão

Conforme a Polícia Civil, Lucilo Soares demonstrou total frieza ao narrar os fatos.

Região norte

Polícia Civil prende principal suspeito de matar idoso a facadas em Xambioá

O idoso foi morto no dia 21 de julho e o suspeito tinha fugido para a cidade de São Geraldo do Araguaia, no Pará.

Acidente fatal

Mulher morre em colisão entre motocicleta e carro no centro de Araguaína

O acidente ocorreu na esquina da Avenida Castelo Branco com a rua Rui Barbosa. A mulher morreu na hora.

Em Araguaína

Em vídeo, mulher desmente boato que viralizou nas redes sociais em Araguaína

Um áudio afirmava que a mulher simulava pedir esmola para dois homens armados assaltar os moradores.

Crime bárbaro

Acusado de matar homem e comer fígado assado é condenado a 12 anos em Palmas

O crime ocorreu em agosto de 2011, na Colônia de Pescadores do Setor Taquari, nas proximidades do Lago de Palmas.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.