Por Vingança

Menor é internado pela Justiça após matar jovem com tiro na cabeça durante festa dançante

Suspeito mantinha ligação com homem assassinado em março de 2022.

Por Redação 718
Comentários (0)

27/04/2022 09h15 - Atualizado há 3 meses
Cidade de Taguatinga

A Polícia Civil do Tocantins apreendeu, nesta terça-feira (26/4), um adolescente de 16 anos, o qual é suspeito de matar um jovem de 20 anos, no dia 10 de abril, em Taguatinga, sudeste do estado. 

Conforme apurado no inquérito policial, na data do crime, o adolescente surpreendeu a vítima durante uma seresta em uma distribuidora de bebidas da cidade. Sem oportunizar qualquer ação defensiva, o menor efetuou um disparo de arma de fogo pelas costas, em curta distância, atingindo a vítima na cabeça, que não resistiu aos ferimentos e foi a óbito no local.

Após o homicídio, o adolescente fugiu e só foi localizado nesta terça-feira, após decisão judicial de deferiu a representação policial de sua internação provisória.

As investigações foram realizadas pela 103ª Delegacia, sob a coordenação do delegado-chefe da unidade, Lucas Rodrigues

Da motivação do ato infracional.

A investigação também apontou que a motivação do adolescente está ligada com um homicídio ocorrido em março de 2022, quando um homem de 21 anos foi alvejado com 25 disparos de arma de fogo na região central de Taguatinga.

Segundo apurado, o adolescente apreendido mantinha ligações com a vítima do homicídio, e teria praticado o ato infracional em típico ato de revanche, vingança pela morte de seu companheiro.

Conforme o delegado Lucas Rodrigues, o adolescente está inserido em um contexto criminoso, possuindo ligações em várias outras investigações e operações realizadas pela Polícia Civil. “A vítima foi friamente executada pelo adolescente, durante a realização de um evento festivo, sem se preocupar com as dezenas de pessoas que também estavam no local. Existe, neste caso, uma grande rivalidade entre grupos criminosos atuantes no município de Taguatinga” disse o delegado. 

Após o cumprimento das formalidades legais, o menor foi apresentado ao Poder Judiciário e encaminhado ao Centro de Internação Provisória para menores infratores em Palmas, onde ficará internado até deliberação judicial.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.