Araguaína

Polícia Civil abre inquérito para investigar morte de agente durante discussão com esposa

Ele era policial há cerca de 25 anos.

Por Redação 4.848
Comentários (0)

20/07/2020 11h12 - Atualizado há 4 meses
Augusto Cezar era Agente da Polícia Civil do Tocantins desde novembro de 1994

A Secretaria da Segurança Pública do Tocantins (SSP) informou que as circunstâncias da morte do Agente da Polícia Civil Augusto Cezar Quixaba Araújo, de 48 anos, já estão sendo investigadas pela 28ª Delegacia de Polícia.

O policial teria efetuado um tiro na própria cabeça enquanto retornava de uma festa com a esposa, neste domingo (19), em Araguaína. A tragédia ocorreu na Avenida Tocantins, no setor Araguaína Sul.

Dodô, como era conhecido, teria discutido com a esposa no trajeto de casa. O veículo era conduzido pela mulher e ele estava no banco do passageiro.

A Polícia Militar disse que encontrou o agente dentro do carro com a arma de fogo no colo, uma pistola .40.

Augusto Cezar era Agente da Polícia Civil do Tocantins desde novembro de 1994 e atualmente ocupava a função de Chefe do Núcleo de Inteligência Policial, na 28ª DP de Araguaína.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.