Em Araguaína

Quase 30 detentos de 15 cadeias do Tocantins fazem curso no presídio Barra da Grota

Curso tem disciplinas de empreendedorismo e educação financeira.

Por Redação 746
Comentários (0)

14/11/2021 08h19 - Atualizado há 2 meses
Aula inaugural

O curso de construção civil (pedreiro, eletricista e instalador hidráulico) ofertado para 27 presos teve a aula inaugural realizada no presídio Barra da Grota, em Araguaína, nesta quinta-feira (11).

Ao todo, participam do curso 27 custodiados das unidades penais de Gurupi, Araguaína, Palmeirópolis, Colinas, Formoso do Araguaia, Araguatins, Arraias, Colméia, Guaraí, Miracema, Porto Nacional, Tocantinópolis, Paraíso, Augustinópolis e Barrolândia.  
 
O curso tem duração de 210h/ aula, sendo 60h de aulas teóricas e 150h práticas com conhecimentos sobre a área técnica, além de disciplinas de empreendedorismo, educação financeira e inteligência emocional.

Conforme ressalta a gerente de Educação, Trabalho e Renda da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), Renata Duarte, o curso encerra o calendário de ações voltadas para a capacitação dos custodiados no ano de 2021.

“Será o último curso promovido pela gerência neste ano e estamos muito felizes pois foi um ano de execução, o que demanda equipe, vontade, uma série de apoios. Estamos dentro do cronograma, conseguindo executar o recurso público e alcançando nosso objetivo dentro da política penal. Essa evolução do sistema penal do Tocantins mostra que as boas práticas são notórias e isso se desdobra na melhoria do atendimento à população carcerária, desenvolvendo não só a infraestrutura, mas também toda a parte de projetos de educação, trabalho e renda”, disse.

Segundo o chefe do presídio Barra da Grota, Paulo Freitas, oportunizar a profissionalização a pessoas privadas é um dos mecanismos para garantir a reintegração social.

“A expectativa que temos ao promover esse curso na unidade abrange tanto a nossa alegria de ter essa capacitação, tendo em vista que estamos executando a Lei de Execução Penal, trazendo conhecimento e aplicando aos custodiados. Com esse curso também conseguimos deixar uma obra feita aqui na unidade, com mão de obra de custodiados qualificados no curso, trazendo mudanças estruturais necessárias para a segurança do estabelecimento penal. Além disso, com o conhecimento buscamos profissionalizar os custodiados para que eles possam sair melhores do que chegaram, com uma profissão e condições de ter oportunidades de trabalho”, ressaltou.

A cerimônia contou com a presença de representantes do Poder Legislativo Municipal, Guarda Metropolitana, 2º Batalhão do Corpo de Bombeiros, equipe da Escola da Unidade Sonho de Liberdade e empresários.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.