Educação

Araguaína vai ganhar outra unidade do Colégio Militar em janeiro de 2020, anuncia Jorge Frederico

O anúncio foi feito na Câmara de Araguaína durante uma sessão para debater as mudanças.

Por Márcia Costa 1.688
Comentários (0)

11/11/2019 16h35 - Atualizado há 1 mês
Deputado Jorge Frederico participa de audiência para debater mudanças nos Colégios Militares

Araguaína vai ganhar uma nova unidade do colégio militar em janeiro de 2020. A informação foi dada pelo deputado estadual Jorge Frederico (MDB) durante uma audiência pública na Câmara Municipal, nesta segunda-feira (11), para debater as polêmicas mudanças no atual modelo das instituições geridas pela Polícia Militar. 

Segundo o parlamentar, o novo colégio, agora denominado cívico-militar, deve ser implantado na Escola Caic, mas ainda cabe discussão quanto ao local.

Com esse novo modelo, os colégios militares passam a ter um novo nome, sem processo seletivo e sem regimento interno próprio para disciplinar o processo de ensino-aprendizagem, que é o ponto mais polêmico das mudanças.

A secretária de Estado da Educação, Adriana Aguiar, foi convidada, mas não compareceu ao debate. Por sua vez, o deputado justificou que ela está participando de um congresso e seria uma das maiores interessadas no assunto, visto que também lutou pela implantação do Colégio Militar de Araguaína.

"A secretária anunciou as mudanças para a implantação dos Colégios Cívico-Militares do Estado. Cabe a nós aceitar? Cabe a nós entender e sermos justos no que houve. Haverá mudança de nome e também na forma de ingresso, mas existe um compromisso do Governo e da secretária de que não haverá nenhuma mudança nos regimentos atuais", afirmou o deputado Jorge Frederico, citando que a gestão continua a cargo da Polícia Militar.

Participaram também da sessão os deputados estaduais Elenil da Penha (MDB) e Issam Saado (PV), além de pais, alunos e o secretário municipal de Educação, José da Guia.

Os estudantes e a comunidade escolar são contrários às mudanças. “É uma boa ideia o colégio-cívico militar, mas para outras escolas que estão precisando. O nosso colégio já funciona bem”, disse a estudante Isabela Rios.

Sessão na Câmara de Araguaína para debater as mudanças no CPM

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.