Educação

Aulas serão retomadas na próxima segunda-feira para alunos da zona rural de Araguaína

Prefeitura adotou uma série de medidas para evitar o contágio da covid-19.

Por Redação 2.077
Comentários (0)

10/07/2020 10h11 - Atualizado há 3 semanas
Modelo semipresencial e medidas sanitárias serão adotados para diminuir riscos de contágio da covid

A Prefeitura de Araguaína retomará as aulas da Rede Municipal de Ensino em escolas da zona rural na próxima segunda-feira (13). A nova educação será no modelo semipresencial e com material especial que foi elaborado para atividades em casa, evitando assim a aglomeração dos 495 alunos nas 13 escolas. Esse é o primeiro passo para o retorno em todo Município, que está programado para agosto.

De acordo com o secretário municipal da Educação, José da Guia, todas as medidas sanitárias estão sendo tomadas para reduzir os riscos de contágio da covid-19. “Todos os funcionários estão sendo testados para covid-19, entre professores, auxiliares de serviços gerais, motoristas, merendeiras e vigilantes”, afirmou.

Além disso, as escolas seguirão o protocolo de segurança criado para o referido retorno, com distanciamento de 1,5 m entre as carteiras, uso de máscara por todos, não haverá recreio e os transportes serão desinfectados antes e após a cada embarque de alunos.
 
Capacitação

Na última quarta-feira, 8, a Secretaria da Educação de Araguaína deu início a um novo método de capacitação para os servidores durante o período de pandemia da covid-19. Por meio de transmissões ao vivo, quase mil professores, coordenadores pedagógicos, gestores das unidades de ensino e técnicos da área pedagógica da secretaria participaram de um trabalho de formação continuada para garantir a qualidade do ensino para crianças, jovens e adultos que são alunos de escolas e creches municipais.
 
Modelo semipresencial

O material para estudo em casa é fundamental para os alunos. Eles serão divididos em duas turmas, que se revezarão nas aulas presenciais a cada semana. “Na primeira semana uma metade e na semana seguinte é a vez da outra metade, os que ficarem em casa terão tarefas impressas para responder”, explicou o superintendente da Educação, Railon Borges.
 
Ele ainda conta que o sistema garante a continuidade do trabalho do professor na grade curricular. “Sempre que uma turma retornar à aula presencial, haverá revisão e em seguida o professor já passará ao conteúdo novo, dessa forma o ritmo não é prejudicado”.

(Marcelo Martin)

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.