Sob pena de multa

Justiça dá 30 dias para Câmara de Gurupi exonerar quase 50 servidores comissionados

Deve ser mantida a proporção entre servidores comissionados e efetivos.

Por Redação 662
Comentários (0)

09/06/2020 14h42 - Atualizado há 2 meses
Câmara de Gurupi tem mais servidores comissionados do que concursados

A Justiça determinou que a Câmara Municipal de Gurupi reduza o número de cargos em comissão, de forma que a quantidade de servidores comissionados não exceda a de concursados, estabelecendo-se uma correlação entre os quantitativos. A sentença foi proferida nesta segunda-feira (8) em uma ação ajuizada pelo Ministério Público do Tocantins (MPTO).

A decisão também determina que os cargos comissionados devem ter atribuição somente quanto às funções de chefia, direção e assessoramento, conforme prevê a Constituição Federal. As funções técnicas e operacionais devem ser desenvolvidas exclusivamente por servidores concursados.

A ação civil pública foi proposta pelo promotor de Justiça Roberto Freitas Garcia em junho de 2017, fundamentando-se na norma constitucional que estabelece o concurso público como regra para a seleção e a admissão de pessoas em cargos públicos, devendo ser uma exceção as contratações para cargos em comissão.

Conforme a sentença, a adequação, com a exoneração dos servidores comissionados excedentes, deve ser realizada de forma imediata, no prazo máximo de 30 dias.

Em caso de descumprimento, a gestão fica sujeita ao pagamento de multa diária no valor de R$ 1 mil, até o limite de R$ 60 mil. Chegando-se a este limite, a cobrança da multa incidirá também sobre o presidente da Câmara.

Em informações juntadas no processo em novembro de 2019, pela Câmara Municipal, consta que a Casa de Leis possui 96 cargos comissionados e apenas 40 cargos efetivos, uma desproporção que viola claramente a regra constitucional. No decorrer do processo, o Poder Legislativo também reconheceu que algumas atribuições dos cargos comissionados da Casa são próprias de cargos efetivos. 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.