Fim do mandato

'Minha caminhada não termina agora', diz Marcelo Miranda ao se despedir do Governo

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

27/03/2018 11h46 - Atualizado há 1 mês
Nielcem Fernandes // AF Notícias O governador cassado do Tocantins, Marcelo de Carvalho Miranda (MDB) inaugurou na noite dessa segunda-feira (26) a Escola Estadual de Tempo Integral Professora Elisângela Glória Cardoso, em Palmas. O invnestimento foi de R$ 12,4 milhões. A solenidade foi o último ato oficial como Chefe do Executivo, pois o governador e sua vice Cláudia Lelis (PV) aguardavam apenas a publicação do acórdão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para deixarem os cargos, o que aconteceu horas depois do fim do evento. Apesar do momento difícil, Marcelo Miranda foi recebido com aplausos e palavras de incentivo por um grupo de pessoas. Secretários de Estado, membros do primeiro escalão do Governo e aliados políticos fizeram questão de apoiar o emedebista neste momento pós-cassação. A solenidade que marcou a despedida fez com que o próprio governador se emocionasse ao receber uma homenagem dos alunos. Através de uma canção, eles enalteceram o trabalho de Miranda à frente da administração estadual. Em discurso, o governador agradeceu a oportunidade de administrar o Estado pela 3ª vez e declarou que "nem ele e nem sua família estão envergonhados". "Eu e minha família estamos de cabeça erguida. Sabem por quê? Por que nós tivemos a oportunidade de viver com homens e mulheres que fizeram a história desse Estado. Temos que manter a cabeça erguida. Muitas coisas nos esperam. Esse Estado é muito jovem e ainda tem muito que fazer", declarou. Marcelo lembrou os êxitos na sua vida pública e disse não guardar mágoas de ninguém. "Eu disputei sete eleições e vencia todas. Mas eu não ganhei nada sozinho. Ninguém ganha nada sozinho. Nós ganhamos juntos. Por isso não guardo mágoas de ninguém. Não tenho motivos para guardar mágoa de ninguém. Só tenho motivos para agradecer", declarou. O governador que teve o mandato cassado por duas, das três vezes que assumiu democraticamente o cargo, não se deu por vencido e afirmou que esse é o início de uma nova etapa. "Esse é um obrigado do inicio de uma nova caminhada. De forma alguma minha caminhada termina agora" concluiu. Questionado pela imprensa sobre a cassação, o governador disse apenas que está trabalhando e cumprindo a agenda. "Eu estou trabalhando. Temos que cumprir uma agenda. Estou trabalhando e fazendo o que eu gosto. O momento é de homenagem, é um dia muito especial para mim. Só tenho a agradecer" concluiu.

Comentários (0)

Mais Notícias

Outros 9 convocados

Amastha é convocado para depor dia 30 na CPI que investiga rombo no PreviPalmas

Os depoimentos estão marcados para os dias 30 deste mês e 6 de novembro.

Tocantins

MPE pede afastamento de prefeito por farra de contratações e gastos excessivos

O MPE requer ainda que seja determinada a redução de 20% nos gastos em 30 dias.

ASTT

Mais de 220 veículos apreendidos em Araguaína serão leiloados em novembro

Segundo o edital, todos os veículos estão na modalidade circulação e foram recolhidos durante operações de fiscalização.

Protesto

Moradores plantam pés de banana no meio de rua esburacada no norte do Estado

Moradores também reclamaram do atraso nas obras de pavimentação.

Trânsito

Acidente em rotatória mata jovem e deixa outro gravemente ferido em Palmas

Moradores reclamam que não há iluminação e a sinalização é precária na rotatória.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.