Fim da espera

Sem peritos há quase 5 anos, INSS em Araguaína terá problema resolvido ainda este mês

Equipe médica vai atender na cidade durante 15 dias no mês.

Por Redação 649
Comentários (0)

09/06/2021 09h04 - Atualizado há 7 meses
Reunião com o presidente do INSS, em Brasília

O presidente do INSS, Leonardo Rolim, prometeu disponibilizar peritos para a agência do órgão em Araguaína e solucionar um problema que se arrasta há quase cinco anos. A garantia foi dada ao deputado federal Vicentinho Júnior (PL) e ao vereador araguainense Flávio Cabanhas (PTB), durante reunião nesta terça-feira (8), em Brasília.

Atualmente, os moradores da segunda maior cidade do Tocantins precisam se deslocar para outros municípios em busca de perícia para ter acesso a benefícios como auxílio-doença e aposentadoria por invalidez.

A agência do INSS em Araguaína atende quase toda a região norte do Estado. "Muitas pessoas não têm condições físicas ou de saúde para sair de suas casas para realizar a perícia. Deslocar para outros municípios dificulta ainda mais a situação para buscar o que lhes é de direito”, explicou Vicentinho Júnior.

Conforme Leonardo Rolim, enquanto não são realizados concursos públicos para que se tenha um profissional que trabalhe em período integral Araguaína, o INSS disponibilizará peritos para atendimentos durante 15 dias no mês. No intuito de resolver de imediato a demanda, o presidente garantiu que ainda neste mês de junho serão feitos os primeiros atendimentos em Araguaína.

O vereador Flávio Cabanhas (PTB) agradeceu o presidente do INSS e o deputado Vicentinho Júnior pela disponibilidade e empenho em resolver a demanda. Segundo ele, o tão sonhado médico perito será muito útil para atender a comunidade araguainense. O acordo também foi ajustado, por meio de um telefonema, com o prefeito de Araguaína, Wagner Rodrigues (Solidariedade).

ATM

A maioria dos municípios tocantinenses não dispõem de uma agência do INSS para que os cidadãos tenham acesso ao serviço no local onde residem.

Para solucionar esse problema, o deputado Vicentinho Júnior acordou com o presidente do órgão e o presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM), Diogo Fernandes, que será feito um levantamento dos municípios ou regiões com maiores demandas.

Os gestores ficam responsáveis por ceder o espaço físico, bem como alguns servidores e o INSS disponibilizará os médicos peritos para realizar os atendimentos. Para atender a população da região sudeste, será instalado ainda este mês um posto de atendimento no município de Taguatinga.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.