Assistentes sociais fazem ato público em frente ao Palácio reivindicando carga horária de 30 horas

Por Redação AF
Comentários (0)

13/08/2014 08h23 - Atualizado há 6 dias
<span style="font-size:14px;">Os assistentes sociais do Tocantins caminharam na tarde de ter&ccedil;a-feira, 12 de agosto, at&eacute; o Pal&aacute;cio Araguaia, sede do Governo Estadual, com o objetivo de sensibilizar o Chefe do Executivo para o cumprimento das 30 horas semanais da categoria, garantido por Lei Federal.<br /> <br /> O ato aconteceu depois de uma Assembleia Geral Axtraordin&aacute;ria, promovida pelo Sindicato dos Servidores P&uacute;blicos do Estado do Tocantins (Sisepe-TO), durante a tarde no audit&oacute;rio da Assembleia Legislativa do Tocantins. Na ocasi&atilde;o, a classe elegeu uma comiss&atilde;o para mobilizar a categoria na luta pela jornada das 30h semanais.<br /> <br /> <em>&ldquo;Precisamos aproveitar o momento pol&iacute;tico para fazer o governador refletir a import&acirc;ncia de cumprir a lei das 30h, para isso precisamos nos organizar como trabalhadores para buscar o nosso direito, que est&aacute; posto e garantido na lei&rdquo;</em>, disse a conselheira do Conselho Regional de Servi&ccedil;o Social do Tocantins (Cress-TO), Janaina Costa.<br /> <br /> Depois da caminhada foi entregue uma camiseta do movimento no gabinete do governador, Sandoval Cardoso. O presidente de Sisepe, Cleiton Pinheiro, garantiu que vai protocolar um of&iacute;cio com o intuito de que o gestor atenda a comiss&atilde;o dos assistentes sociais.<br /> <br /> <em>&ldquo;Queremos sensibilizar o governador para que ele regulamente o artigo 19 da Lei 1.818, uma vez que l&aacute; estabelece a carga hor&aacute;ria m&aacute;xima de 40h e m&iacute;nima de 30h, j&aacute; que o servi&ccedil;o social disp&otilde;e de legisla&ccedil;&atilde;o federal que consta as 30h</em>&rdquo;, defende o Pinheiro.<br /> <br /> Em outra ocasi&atilde;o, cerca de 15 dias atr&aacute;s, conforme o presidente do Sindicato, a entidade se reuniu com Sandoval. <em>&ldquo;Tivemos o primeiro contato com o governador, que se mostrou resistente. Acredito que quando h&aacute; mobiliza&ccedil;&atilde;o da categoria, a sensibiliza&ccedil;&atilde;o &eacute; maior e vamos conseguir convencer o governador&rdquo;</em>, comenta Pinheiro.<br /> <br /> <em>&ldquo;Precisamos lutar pela efetiva&ccedil;&atilde;o da nossa lei que j&aacute; foi criada e sancionada. &Eacute; um momento de fortalecer o conjunto de assistentes sociais&rdquo;</em>, acrescentou a assistente social, Laidylaura Pereira de Araujo.<br /> <img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/DSC_0545.JPG" style="width: 600px; height: 400px;" /></span><br />
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

Eleições 2018

Candidato do Bolsonaro no Tocantins, Simoni diz estar surpreso com adesões

"Vamos levar propostas para consertar o Tocantins", disse o candidato.

Especialistas comentam

Araras sobrevivem na mira do tráfico de animais silvestres no Tocantins

A trajetória de tratamento da espécie se estende por diferentes períodos, conforme as condições de saúde.

Redes Sociais

TSE manda Twitter fornecer dados de perfis que festejaram ataque a Bolsonaro

Twitter deverá entregar dados de 16 perfis que incentivaram agressões a Bolsonaro

Eleições 2018

Ciro compara Bolsonaro a Hitler: 'um fascista que vai descambar pra violência'

A mesma comparação tem sido feita em diversas reuniões políticas.

Veja a tabela

200 vagas de emprego para Palmas, Araguaína e mais sete cidades do Tocantins

As oportunidades desta terça-feira (25) são para nove cidades do Estado.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.