Palmas

Atleta tem pé amputado após ser atingida por hélice de lancha do Corpo de Bombeiros

A atleta passou por cirurgia e está internada em estado grave na UTI do Hospital Geral de Palmas

Por Redação 2.160
Comentários (0)

03/12/2018 09h50 - Atualizado há 8 meses
Ludimila Barbosa de Oliveira é também professora da rede municipal de Palmas

A atleta Ludimila Barbosa de Oliveira, de 40 anos, teve o pé amputado neste domingo (2) após ter sido atingida pela hélice de uma lancha do Corpo de Bombeiros durante uma competição aquática no lago de Palmas. 

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde disse que a atleta passou por cirurgia e está internada em estado grave na UTI do Hospital Geral de Palmas.

Ludimila participava da 6ª etapa do circuito estadual de Maratona Aquática do Tocantins quando pediu ajuda aos bombeiros para ser retirada da água devido à chuva forte e ventania. Outros três atletas também tinham solicitado o resgate.

“Quando já estavam retirando um terceiro competidor da água, sentiram o impacto de uma quarta pessoa na retaguarda da embarcação, que resultou na lesão de um dos atletas [no caso, Ludimila]”, explicou o Corpo de Bombeiros.

A equipe disse que prestou imediato socorro à vítima e a conduziu numa ambulância de plantão para o Hospital Geral de Palmas.  

O Corpo de Bombeiros lamentou profundamente a fatalidade e disse que todas as providências necessárias para preservação da vida e elucidação dos fatos foram tomadas.

A atleta é professora da Rede Municipal de Ensino e trabalha atualmente no Centro Municipal de Educação Infantil João e Maria. A prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) lamentou a fatalidade. 

Uma campanha de doação de sangue (de qualquer tipo) em nome da vítima também foi iniciada. Para doar, basta ir ao Hemocentro do HGP na segunda-feira, 3, a partir das 7 horas.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.