Exercício

Escola de Artes de Araguaína lança aula de ginástica para terceira idade; inscrições abertas

A nova atividade será um treinamento funcional de intensidade leve.

Por Redação
Comentários (0)

23/08/2019 15h49 - Atualizado há 4 semanas
Maria Feitosa e José Miranda

A Escola de Artes de Araguaína Raimundo Paulino (Reciclarte) está lançando uma aula de ginástica dedicada especialmente à terceira idade.

A apresentação foi realizada na tarde desta quinta-feira (22) na escola durante a visita dos alunos da Universidade da Maturidade de Araguaína (UMA). Os 18 cursos que serão ministrados a partir de setembro estão com rematrículas e listas de espera abertas.
 
De acordo com a diretora da escola, Valéria Elias, a nova atividade será um treinamento funcional de intensidade leve. “Será voltada para o idoso, e a gente sabe as diferenças que devem ter os exercícios, pois devem ser mais devagar e com mais alongamentos, além de pesos leves só para fortalecer a musculatura”, explicou.
 
Cursos do semestre

Na área musical, haverá aulas de violino, teclado, violão popular e clássico, técnica vocal, musicalização infantil e sanfona.

No esporte, a disponibilidade é para aulas de ballet e as recém anunciadas ginástica para terceira idade e ginástica rítmica. E na área de trabalhos manuais, os cursos são de corte e costura, artesanato geral e com reciclados, reaproveitamento de pneus e paletes, pintura em telas e tecidos.
 
Sonhos ao alcance

Admirados com o banco feito com reutilização de paletes, Maria Feitosa e José Miranda, 57 e 69 anos, já se imaginam nas aulas da Reciclarte. “Tudo se aproveita e tem tanta coisa que nós jogamos no lixo. Achei até que esse banco não iria aguentar a gente. Ele é bonito e resistente”, afirmou Maria.
 
Ela conta que seu maior sonho é aprender tocar violão e irá se matricular para tentar uma vaga. “Eu quero tocar na igreja há muito tempo e nunca é tarde para prender. Acho que vou conseguir, fiz aulas de informática e meus dedos já são bem soltos”, disse.

Já José Miranda quer reproduzir o banco em que sentou. “Só de ficar com mente ocupada já é muito bom. No passado, eu fiz curso de carpintaria, mas acabei desistindo da profissão, quem sabe agora continuo”, afirmou.

(Marcelo Martin)

Matrículas estão abertas

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.