Dianópolis

Falsa astróloga, vidente e conselheira espiritual é presa por ameaçar e extorquir idosa no Tocantins

A falsa vidente recebeu pagamento adiantado, mas depois começou a ameaçar a idosa.

Por Redação 1.758
Comentários (0)

13/09/2019 14h52 - Atualizado há 4 meses
Mulher presa

Uma falsa conselheira espiritual foi presa por estelionato em Dianópolis, na região sudeste do Tocantins, na tarde desta quinta-feira (12).

Conforme delegado Márcio Duarte Teixeira, a ação que resultou na prisão da suspeita foi desencadeada depois que uma idosa procurou a delegacia de Polícia Civil de Taguatinga informando que havia sido vítima de um golpe praticado pela suspeita.

Através das investigações descobrimos que a mulher estava se passando por astróloga e vidente e que fazia trabalhos espirituais mediante remuneração. No dia 27 de agosto, ela tinha abordado a vítima em frente a uma agência bancária de Taguatinga, onde recebeu o primeiro pagamento por conta do suposto trabalho espiritual que iria fazer. No entanto, também constatamos que a vítima que nos procurou estava sofrendo extorsão, uma vez que a falsa vidente passou a ameaçar a senhora para que a mesma lhe desse mais dinheiro, além da quantia que ela já havia disponibilizado à investigada”, disse o delegado.

Ainda durante as investigações, os policiais também descobriram que a falsa conselheira espiritual passou a enviar várias mensagens de texto à vítima afirmando que, se não recebesse mais dinheiro pelo suposto trabalho espiritual realizado, sérias consequências se abateriam sobre a vida da idosa e de seu marido.

A mulher foi encontrada em frente a uma agência bancária no centro de Dianópolis, uma vez que já havia saído de Taguatinga. Em seguida, ela foi conduzida até a Central de Atendimento da Polícia Civil e depois recolhida na Casa de Prisão Provisória local.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.