Tocantins

Jovem apedrejado na cabeça consegue identificar autor do crime antes de morrer em Xambioá

Francildo Lima Costa foi atingido em Xambioá, mas morreu a caminho do hospital. Um suspeito do crime foi preso.

Por Redação 2.218
Comentários (0)

17/09/2019 16h13 - Atualizado há 2 anos
Suspeito do crime preso

Um jovem de 20 anos foi preso, na tarde desta segunda-feira (16), por participação no homicídio de Francildo Lima Costa, em Xambioá, norte do Tocantins. A vítima morreu a caminho do hospital.

Segundo as investigações, o jovem e dois adolescentes saíram de um bar, envolveram-se numa discussão e mataram Francildo com golpes de faca e pedradas na cabeça por volta das 02h da madrugada do domingo, 08 de setembro. O motivo do homicídio teria sido a briga entre os autores e vítima após uso de droga.

O laudo necroscópico descreve a gravidade dos ferimentos sofridos pela vítima e a crueldade empregada pelos autores, conforme mostram imagens feitas por pessoas que chegaram logo após o ocorrido.

Segundo a Polícia Civil, parentes da vítima estavam entre os curiosos. Ainda vivo, Francildo teria confirmado o nome do jovem como autor do crime, ele foi preso em seguida, mas liberado após negar o fato. A prisão dele agora ocorreu com mandado judicial.

O delegado José Antônio da Silva Gomes informou que as investigações se iniciaram logo após o crime e estão em fase conclusiva, faltando ainda o resultado de alguns laudos periciais.

Ainda segundo a Polícia Civil, o jovem preso responde a vários procedimentos policiais desde a adolescência e é envolvido em crimes de natureza patrimonial, brigas em festas, lesões corporais e também chegou a ser preso no fim de agosto deste ano receptação.

Ele foi recolhido na Cadeia Pública de Xambioá.

+ Homem é esfaqueado nas proximidades de escola e morre a caminho de hospital no norte do Estado

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.