No Tocantins

Laticínio fabricava queijos ao lado de criação de porcos e usava sal bovino, diz Adapec

Massas de queijo contendo moscas e até doses de vacinas contra febre aftosa foram encontrados no local.

Por Raimunda Costa 6.199
Comentários (0)

23/02/2019 08h57 - Atualizado há 2 anos
Fiscal no laticínio clandestino

Uma ação conjunta entre a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) e a Polícia Civil de Pequizeiro apreendeu 25 kg de queijos impróprios para consumo em um laticínio clandestino, além de outros produtos como sal bovino, vacinas antiaftosa e um galão de salmoura.

O local já estava interditado pela Adapec por causa das mesmas práticas, o proprietário foi autuado no valor de R$ 2,5 mil e os produtos inutilizados no aterro sanitário de Guaraí.

Desta vez, o órgão recebeu uma denúncia e comprovou novamente as irregularidades. A Adapec disse o local possui uma estrutura rústica completamente inadequada para manipulação de alimentos, com paredes, teto e pisos inadequados e de difícil higienização.

Também existe um criatório de porcos nas proximidades do laticínio e a presença de gatos e patos dentro da área de manipulação dos produtos.

Os técnicos também verificaram que os utensílios estavam em péssimo estado de higiene e conservação, assim como as bandejas, formas e mesas. Sal mineral para alimentação bovina que possivelmente estava sendo usado para salgar os queijos também foi apreendido no local.

Além disso, foram encontradas quatro massas de queijo com presença de moscas e outros produtos em salmoura com aspecto repugnante.

Em um freezer com péssimo estado de higienização ainda estavam 200 doses de vacinas contra febre aftosa congeladas e misturadas com os queijos.

Massas de queijo com moscas mortas
Queijos apreendidos

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.