Cristalândia (TO)

Prefeitura manda fechar bares e proíbe eventos após aumento dos casos de Covid-19

Além da Covid, município luta contra gripe e dengue.

Por Redação 849
Comentários (0)

19/01/2022 16h58 - Atualizado há 3 meses
Sede da Prefeitura de Cristalândia

Após crescimento expressivo do número de novos casos de Covid-19 e de síndromes gripais, a prefeitura da cidade de Cristalândia (TO) suspendeu a realização de eventos de qualquer natureza em áreas públicas e privadas, por tempo indeterminado, e proibiu o funcionamento de bares e similares no período de 20 a 30 de janeiro.

VEJA TAMBÉM

Cristalândia fica na região oeste do Tocantins. O prefeito é Wilson Júnior de Carvalho, mais conhecido como Big Jow.

As medidas foram decretadas após aumento significativo no registro diário de novos casos na cidade. Depois de um longo período sem muitas notificações da doença, houve crescimento de cerca de 400% em 10 dias.

Somente nesta terça (18), por exemplo, foram registrados 17 novos casos, um número elevado para uma cidade de aproximadamente 7 mil habitantes. Já em todo o estado foram confirmados 2.012 casos da doença.

“Felizmente, nosso bom índice de vacinação tem mantido zerada as internações em virtude de complicações da doença, mas nosso sistema de saúde está sobrecarregado porque, além da Covid-19, estamos lidando com um grande número de síndromes gripais e a dengue”, justifica o secretário municipal de Saúde, Wilkey Fernando Lourenço.

Em Cristalândia, já foram aplicadas mais de 10.271 doses de vacinas contra a doença.

O decreto também reforçou as medidas sanitárias a serem adotadas nas atividades religiosas, limitando a 30% da capacidade máxima do templo e evitando o contato físico entre as pessoas, como oração com imposição de mãos.

Confira o decreto aqui.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.