Polêmica continua

Secretário que exonerou delegado Boaventura já foi chefe de gabinete de Olyntho

Vidal também seria uma indicação de Olyntho Neto no governo Carlesse.

Por Redação 4.321
Comentários (0)

21/11/2018 13h49 - Atualizado há 1 ano
Secretário-Chefe da Casa Civil, Rolf Costa Vidal

O Secretário-Chefe da Casa Civil, Rolf Costa Vidal, que assinou na última sexta-feira (16), a exoneração dos cargos em comissão de vários delegados regionais de Polícia Civil, já foi Chefe de Gabinete do deputado estadual Olyntho Neto, pivô de toda a polêmica decorrente do escândalo do lixo hospitalar.   

Essa informação consta no Diário Oficial da Assembleia do dia 12 de abril de 2016, em uma comunicação do Gabinete para informar que o parlamentar tucano se afastaria do país. No documento, Rolf Vidal assina como 'Chefe de Gabinete'. 

Entre os delegados exonerados pelo secretário está Bruno Boaventura, responsável por coordenar as investigações contra o ex-juiz eleitoral João Olinto, pai do deputado Olyntho Neto, que seria sócio da empresa que armazenou ilegalmente quase 200 toneladas de lixo hospitalar em um galpão no Daiara - Distrito Agroindustrial de Araguaína.

A empresa Sancil Sanantonio Construtora e Incorporadora Ltda foi contratada pelo Governo do Estado sem licitação para recolher lixo em 13 hospitais públicos do Estado. O valor do contrato supera R$ 500 mil por mês, mas foi suspenso após a investigação da Polícia Civil e Ministério Público Estadual.

O atual secretário de Estado também já assumiu o cargo de Assessor Legislativo das Comissões Permanentes, inclusive lotado no Gabinete de Olyntho, bem como a Chefia da Assessoria Especial de Gabinete da Presidência da Assembleia. 

Já na gestão do governador Mauro Carlesse (PHS), Vidal também seria uma indicação de Olyntho Neto. Na última segunda-feira (19), depois das polêmicas, o parlamentar entregou o cargo de Líder do Governo na Assembleia.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.