Zona III

Tocantins é enquadrado na zona de alta vigilância da peste suína pelo Ministério da Agricultura (Mapa)

A medida é estratégica comercialmente para os estados no controle da doença.

Por Redação 1.869
Comentários (0)

07/12/2019 10h30 - Atualizado há 1 mês
O Tocantins vem mantendo a vigilância e o monitoramento da PSC

A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) recebeu nesta sexta-feira (06) a Instrução Normativa nº 63, de 6 de dezembro de 2019, que divide o Brasil em três zonas livres da Peste Suína Clássica (PSC). A última instrução normativa que tratava do assunto era de 2016.

O Tocantins foi incluído na Zona III, considerada como área de alta vigilância para a doença, por fazer limítrofes com estados não livres. A medida foi tomada para manter o controle da doença.

O presidente da Adapec, Alberto Mendes disse que esta proposta foi aprovada na última terça-feira (03), em Belo Horizonte (MG) durante a reunião do Fórum Nacional de Executores de Sanidade e Inspeção Agropecuária (Fonesa) e apresentada à Ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

Foi uma decisão tomada com base em um estudo apresentado pelos estados que estão na zona livre da PSC, mas que possuem áreas limítrofes com a zona não livre, para protegerem seus rebanhos de suínos,” explicou Alberto.

A medida foi bem recebida pelo Estado, uma vez que, a criação desta área é estratégica comercialmente para o Tocantins. “É importante destacar que esta zona foi criada justamente para que em novos casos de surgimento da PSC no Brasil, os estados limítrofes aos afetados com a enfermidade não sofram com embargos econômicos,” completou o presidente.

Classificação de zonas livres da PSC

I – Composta pelos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina

II – Estado do Paraná

III – Composta pelos estados do Acre, Bahia, Espirito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rondônia, São Paulo, Sergipe, Tocantins, Distrito Federal, e por parte do Estado do Amazonas, representada pelos municípios de Guajará e Boca do Acre, parte sul do município de Canutama e parte sudoeste do município de Lábrea.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.