Tráfico de drogas

Traficante conhecido como 'Tocantins' é apontado como um dos maiores de Araguaína

Homem tem 37 anos e já foi condenado a mais de 49 anos de prisão por vários crimes.

Por Redação 1.132
Comentários (0)

15/09/2020 08h25 - Atualizado há 1 semana
Drogas e dinheiro

Um homem de 37 anos considerado um dos maiores traficantes de Araguaína foi preso nesta segunda-feira (14) por agentes da 2ª Divisão Especializada em Narcóticos (2ª Denarc).

Na ocasião, os policiais civis também prenderam duas mulheres e apreenderam cerca de 8 kg de crack, várias porções de maconha e R$ 6.200 em espécie proveniente do tráfico de drogas.

Conforme o delegado José Anchieta de Menezes Filho, a ação que resultou nas prisões e apreensões de drogas já estava em curso desde o ano de 2019, quando os policiais civis da Denarc desarticularam uma grande estrutura criminosa que era responsável por trazer drogas do estado do Mato Grosso para a cidade de Araguaína, onde era distribuída em pontos menores de venda.

"Há mais de um ano, vínhamos investigando essa associação criminosa e, desde então, já efetuamos a apreensão de dezenas de quilos de entorpecentes, além das prisões de várias pessoas envolvias com o tráfico", disse o delegado Anchieta.

No entanto, no início de 2019, o homem de 37 anos, conhecido como 'Tocantins', foi preso no estado do Mato Grosso e passou a cumprir pena de mais de 49 anos por crimes diversos. Nesse meio tempo, seus comparsas continuaram com as atividades criminosas de tráfico e continuavam fazendo viagens regulares em carros de passeio de Mato Grosso para Araguaína transportando grande quantidade de drogas.

Ocorre que, em meados de 2020, ‘Tocantins’ foi solto da cadeia e voltou para Araguaína, onde intensificou o tráfico e se tornou um dos maiores traficantes do Estado.

Contudo, após comparsas terem sido presos, ele mesmo passou a ir até Mato Grosso e trazer as drogas para a cidade de Araguaína.

A prisão

Após compartilhamento de informações com a Polícia Civil do estado vizinho, os policiais civis da 2ª Denarc descobriram que ‘Tocantins’ tinha acabado de retornar para Araguaína trazendo um grande carregamento de drogas.

Os policiais civis foram até o endereço de uma das mulheres que fazem parte da associação criminosa e perceberam quando o suspeito deixou vários itens no local e se retirou.

No entanto, os policiais civis monitoraram o local e voltaram à residência situada no setor Presidente Lula, na manhã desta segunda-feira (14), onde localizaram e apreenderam quase 8kg de crack e cerca de 1kg de maconha que estavam de posse de uma mulher de 27 anos. Ela foi presa em flagrante por tráfico de drogas.

Em seguida, os policiais civis deslocaram-se até outro imóvel no setor Santa Inês, onde encontram ‘Tocantins’ e sua companheira, de 28 anos, os quais estavam de posse de duas porções de maconha e R$ 6.200 em espécie.  

Os dois foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Em seguida, as mulheres foram recolhidas na Cadeia Feminina de Babaçulândia e o homem encaminhado para a Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA).

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.