Veja ranking

Universidade tocantinense é listada no ranking das melhores da América Latina e Caribe

O ranking julga as universidades em ensino, pesquisa, citações e outros.

Por Redação 4.138
Comentários (0)

21/07/2020 14h27 - Atualizado há 3 meses
Campus da UFT de Arraias

A Universidade Federal do Tocantins (UFT) foi inserida e classificada na lista das melhores da América Latina e do Caribe, da organização internacional Times Higher Education.

De acordo com a Times Higher Education, o ranking incluiu apenas universidades que dispõem de programas de pós-graduação; que publicaram, no mínimo, 200 trabalhos entre 2015 e 2019; e que não tem atuação em apenas uma área de estudo específica.

Indicadores

O ranking da Times Higher Education considera 13 indicadores de performance que, juntos, formam a nota global. Eles também são divididos em cinco grandes áreas, que formam notas específicas. As notas variam de 0 a 100 pontos.

No desempenho geral, a Universidade Federal do Tocantins (UFT) recebeu nota 15,1 a 29,3. Nas áreas específicas, as notas foram: citações (14,4), impacto na indústria (35,5), perspectiva internacional (34,4), pesquisa (26,9) e ensino (35,1).

O ranking completo pode ser acessado aqui.

UFT

A Universidade Federal do Tocantins (UFT) foi instituída em 23 de outubro de 2000 pela Lei n° 10.032 a partir da transferência dos cursos e da infraestrutura da Universidade do Tocantins (Unitins), mantida pelo Estado do Tocantins.

Embora tenha sido criada no ano 2000, a UFT só teve sua implantação efetiva em maio de 2003, com a posse dos primeiros professores da Instituição.

A UFT foi a primeira universidade brasileira a estabelecer cotas para estudantes indígenas em seus processos seletivos. A reserva de vagas foi instituída desde o primeiro vestibular da Instituição, realizado em 2004. 

Além disso, a Universidade tem o curso de Engenharia Ambiental mais antigo do país, com ingresso de alunos desde 1992, e o primeiro curso de mestrado ofertado no estado do Tocantins, o mestrado em Ciências do Ambiente (Ciamb), aprovado pela Capes em 2002.

O processo de criação e implantação da UFT representa uma grande conquista para o povo tocantinense e a Universidade passou de cerca de 8 mil alunos e 25 cursos de graduação, em 2003, para mais de 20 mil alunos, em 57 cursos de graduação e 30 programas de pós-graduação nos seus primeiros 13 anos de existência.

A universidade possui sete campi espalhados pelo estado do Tocantins. Entre eles, Araguaína, Arraias, Gurupi, Miracema, Palmas, Porto Nacional e Tocantinópolis. Cada campus está totalmente equipado com laboratórios especializados, bibliotecas, auditórios, salas de aula e espaços sociais.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.