Discussão do projeto

Audiência pública vai discutir implantação do projeto Araguaína Conectada

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

27/03/2018 09h36 - Atualizado há 1 mês
Ocorre nesta quarta-feira (28) uma audiência pública para discutir a parceria público-privada que executará o projeto Araguaína Conectada. O encontro vai ser realizado às 19h, no auditório da Associação Comercial e Industrial de Araguaína (Aciara). A proposta do projeto de implantação de uma rede multiserviços em plataforma óptica colocará Araguaína no conceito mundial de Smart City, segundo a prefeitura. O Instituto de Tecnologia e Desenvolvimento Sustentável de Araguaína pretende, por meio de uma parceria público-privada, implantar uma rede de fibra óptica de 70km de extensão para interligar todos os órgãos municipais, como unidades de ensino e de saúde, secretarias municipais e suas extensões. O mesmo vale para outros locais estratégicos com o objetivo de incentivar o desenvolvimento industrial, comercial e acadêmico, bem como promover a inclusão digital e a democratização da internet com a disponibilização em praças, parques tecnológicos, e locais de lazer e turismo. No futuro, o sistema integrado poderá possibilitar a inclusão de aplicativos de Smart City até mesmo em mobilidade urbana, com serviços de controles semafóricos que darão suporte em casos de emergência. “Se houver um incêndio no centro, por exemplo, o sistema poderá automaticamente redirecionar o tráfego por meio dos semáforos e letreiros. Isso também liberará rotas verdes para que os serviços de emergência cheguem mais rápido ao local”, explicou o Engenheiro consultor do projeto, José Bueno Filho. Segundo o presidente do Instituto, Tiago Dimas, a parceria irá entregar 253 pontos ativos de acesso a intranet e internet, alguns em locais públicos. “A empresa ficará encarregada de fazer a manutenção do bem público, sempre modernizando a rede, que também prevê ampliação futura para mais 250 pontos de acesso”, afirmou. Na audiência pública, serão estabelecidas as demandas que serão incluídas na lei autorizativa e no termo de abertura do processo licitatório para execução do projeto. Videomonitoramento O sistema também estará apto a receber sistema de videomonitoramento, que necessita de uma rede de transmissão de dados para enviar imagens dos pontos até a central. Com base nisso, durante o desenvolvimento do projeto foram selecionados, juntamente com as polícias militar e civil, 80 locais que estarão aptos a receberem as câmeras com a implantação do projeto. (Flávio Martin - prefeitura)

Comentários (0)

Mais Notícias

Redes Sociais

Menos de 10% das imagens que circulam no WhatsApp são verdadeiras, diz pesquisa

Levantamento foi feito em 347 grupos verificou fotomontagens e mensagens falsas.

Festa

Turnê 'Buteco do Gusttavo Lima' desembarca em Palmas no dia 1º de dezembro

O 'Buteco' terá a locução do apresentador Cuiabano Lima.

FORA DO AR

YouTube fica fora do ar por mais de 1h no mundo inteiro na noite desta terça

Site de vídeos apresentou erros, assim como os aplicativos para smart TVs e smartphones

Em 2019

Após AnaVitória, gêmeas Maiara e Maraísa vão estrear comédia no cinema

A dupla que cresceu em Araguaína aguarda apenas um ajuste na agenda para marcar presença no longa.

Saúde Mental

Não chame de ansiedade: 8 exemplos de como banalizamos as doenças mentais

Frequentemente utilizamos na linguagem cotidiana termos sobre transtornos que incapacitam. Às vezes, levam ao desrespeito dos direitos das pessoas afetadas por essas doenças

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.