Seet
Sobral – 300×100

Adolescente é morto a tiros e amigo baleado no Cristo Redentor de Araguaína

Agnaldo Araujo -
Foto: Pablo Machado
O jovem morreu ainda no local

Márcia Costa//AF Notícias

Um adolescente foi morto a tiros e o seu amigo atingido com vários disparos por volta das 22h da noite desta quinta-feira (09), no Cristo Redentor, em Araguaína. O caso pode ter sido um acerto de contas.

De acordo com a Polícia Militar, a dupla possivelmente estava no local consumindo drogas quando um veículo VW Gol, de cor branca, com três suspeitos passou próximo ao Cristo e os ocupantes efetuaram os disparos. Pablo Anderson, de 16 anos, mais conhecido como Clone, morreu no local.

O homem baleado foi identificado como Mateus Pereira Vale, de 21 anos, vulgo Pithulha. Ele foi atingido no braço e tórax. Mesmo baleado, Mateus pegou uma motocicleta e foi até um estabelecimento comercial localizado no Setor Bela Vista, onde pediu socorro e informou que o seu amigo provavelmente estava baleado no Cristo.

A PM foi acionada, dirigiu-se para o local e encontrou Pablo Anderson já sem vida. O SAMU também foi acionado e compareceu onde o crime foi praticado. O corpo da vítima foi encaminhado ao IML de Araguaína.

Os policiais encontraram três papelotes de maconha na mão de Pablo Anderson. Conforme a polícia, o jovem tinha envolvimento com crimes relacionados com o uso e consumo de drogas e também tinha passagem por furto.

Cristo Redentor

O Cristo Redentor deveria ser um dos cartões-postais de Araguaína, mas se tornou um ponto para consumo de drogas e também uso de bebidas alcoólicas, principalmente no período noturno. Mas o local também é utilizado para celebrações de momentos marcantes, como o casamento dos noivos Selmay Pereira Sousa e Kariny Nutiely Abudd.

Foto: Divulgação
Pablo Anderson, jovem que morreu

VEJA MAIS

Com criatividade, noivos escolhem Cristo Redentor como cenário de casamento em Araguaína

Comentários pelo Facebook: