Sobral – 300×100
Seet

Aulas gratuitas de violão, jiu-jitsu e alfabetização são ofertadas em Araguaína

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação
As aulas são gratuitas e as de violão têm duração de um ano

Tocar um instrumento musical pode ser uma das experiências mais legais e gratificantes que se possa ter. A jovem Luana Batista, 18 anos, acredita nisso e encontrou nas aulas de violão não só um passatempo, como também uma possibilidade artística. “Gosto muito de música sertaneja e aqui eu encontrei uma forma de aprender e divertir e, quem sabe, pode me ajudar em uma carreira musical futura”, disse.

A jovem estudante fala sobre o curso de violão gratuito para iniciantes, oferecido pela Fundação Restaurar em parceria com o projeto Ana, em Araguaína (TO).

As aulas são gratuitas e acontecem toda quarta e sexta-feira, às 18h30, na Escola Estadual Vila Nova, no Bairro Vila Norte. São oferecidas 20 vagas, podem participar maiores de 12 anos e os alunos já devem dispor dos instrumentos.

As aulas são ministradas pelo músico e professor Janio César Ramos e, segundo ele, não é necessário experiência musical. O conteúdo oferece conhecimento das partes que compõem o violão, técnicas de afinação, formação de acordes e ritmo. Cada aula tem a duração de cerca de uma hora e a duração do curso é de um ano.

A aula de violão integra umas atividades oferecidas pela Projeto Ana em parceria com a Fundação Restaurar no município de Araguaína. Além das aulas de violão, o projeto oferece também aulas de pintura para idosos, jiu-jitsu para ex-dependentes químicos e alfabetização para crianças de comunidades carentes.

Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone 99253-5860.

Fundação Restaurar

Criada no ano de 2002, a Fundação Restaurar iniciou sua história na cidade de Valença (BA) com um trabalho educacional voltado ao atendimento de 200 crianças carentes desenvolvendo suas habilidades com oficinas de músicas, artes cênicas, artes plásticas, ética, cidadania, produção textual, dentre outras atividades.

Atualmente, realiza projetos que têm como foco em ações sociais nas cidades de Miracema, Porto Nacional, Paraíso do Tocantins e Araguaína, com escritório também na Capital. Uma instituição sem fins lucrativos, a Restaurar atua na elaboração e execução de projetos nas áreas de Saúde, Assistência Social, Educação, Excelência na Gestão Pública e Ambiental.

Comentários pelo Facebook: