Celular é encontrado em banheiro durante prova do concurso da PM-TO em Araguaína

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Concurso da Polícia Militar do Tocantins

Márcia Costa//AF Notícias

Um celular modelo smartphone foi encontrado dentro de um banheiro durante a realização do concurso público da Polícia Militar do Tocantins, em um dos locais de aplicação em Araguaína. O aparelho estava abandonado, foi recolhido pelos fiscais e entregue à polícia para ser periciado.

Segundo apurado, o celular teria supostos gabaritos de duas provas do concurso público, mas a Polícia Civil apenas confirmou a apreensão do aparelho e preferiu não comentar detalhes, já que, segundo o delegado Bruno Boaventura, a investigação corre em sigilo. O aparelho estava escondido debaixo da sacola que fica dentro do cesto de lixo.

A reportagem apurou também que a PM foi acionada por volta das 18h30min para acompanhar a ocorrência na Faculdade Católica Dom Orione devido à localização do referido smartphone no banheiro masculino. A representante da banca registrou ocorrência na Delegacia de Plantão.

Em Arraias, candidatos relataram que houve suposta violação do malote das provas, em que o plástico envolvido nas provas também estaria cortado. Inclusive, um Boletim de Ocorrência teria sido registrado.

Mais de 70 mil pessoas fizeram as provas em 17 cidades nesse fim de semana. O gabarito provisório já foi divulgado nesta segunda-feira (12) no site da AOCP. Os candidatos tiveram 4 horas para responder 60 questões de múltipla escolha e fazer a redação.

A abstenção foi de 18% dos candidatos (1.944) ao cargo de oficial e de 16% para os que tentam vagas como soldados. O subsídio inicial durante o Curso de Formação de Oficiais é de R$ 4.499,52 e para o Curso de Formação de Soldados é de R$ 2.215,10.

VEJA MAIS…

Polícia Militar nega fraude no concurso e diz que malote de provas foi substituído após detectar avaria

Comentários pelo Facebook: