Seet
Sobral – 300×100

Detentos se passam por agentes da Umanizzare para fugir do presídio Barra da Grota em Araguaína

Mara Santos - |
Fonte: Umanizzare / Divulgação
Agente contratado da Umanizzare teria facilitado a fuga dos presos

Dois detentos da Unidade de Tratamento Penal Barra da Grota (UTPBG) utilizaram uniformes da empresa responsável pela gestão da unidade, a Umanizzare Gestão Prisional,  para fugir do presídio, na tarde desta quinta-feira (31/03).

James Miguel Gonçalves Júnior cumpre pena pela morte do ativista Sebastião Bezerra da Silva, ocorrida em 2011, em Gurupi

Vestidos de servidores da empresa, a dupla teria se aproximado do portão de acesso à área da administração da unidade. O portão chegou a ser aberto para que eles passassem, momento em que uma policial que estava a distância observou não se tratar de servidores e acionou a escolta. Eles pularam a cerca e correram para o matagal, sendo que um, identificado como James Miguel Gonçalves Júnior, 24 anos, condenado por latrocínio, foi capturado pelo policial civil que é chefe de segurança.

O outro, Janderson Batista da Silva, 21 anos, preso por roubo, conseguiu fugir.

A Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic) vai investigar o caso. Uma das suspeitas é de que tenha havido facilitação por parte de funcionários da terceirizada.

Comentários pelo Facebook: