Dividido, MDB não confirma apoio político e ainda crê na volta de Marcelo Miranda

Agnaldo Araujo - | - 923 views
Foto: Reprodução Internet
Presidente do partido preferiu adiar a tomada de decisão para domingo

Nielcem Fernandes // AF Notícias

Com a divulgação do novo calendário das eleições suplementares para os cargos de governador e vice do Tocantins, pelo Tribunal Regional Eleitoral na manhã desta quinta-feira (19), os partidos que pretendem lançar nomes ao ‘mandato tampão’ estão vivendo momentos de intensas negociações.

O MDB, partido do ex-governador cassado Marcelo Miranda, reuniu sua cúpula na capital para decidir o futuro da sigla no próximo pleito, é claro, se houver disputa. Isso porquê alguns aliados de Miranda aguardam outra reviravolta que pode acontecer a qualquer momento devido ao recuso que está nas maos do ministro Gilmar Mendes, no STF, o mesmo que concedeu a liminar ao agora ex-governador para retornar ao cargo no último dia 6. Mas o prazo é apertado.

Outras lideranças emedebistas estão divididas entre apoiar a candidatura do senador Vicentinho Alves (PR) ou a do deputado estadual Osires Damaso (PSC). Em ambos os casos o partido indicaria o candidato a vice. Mas o que se pôde perceber foi um MDB dividido em busca da melhor aliança, uma vez que o partido dava como certa a reeleição de Miranda em outubro.

Contudo, a reunião conduzida pelo presidente estadual da sigla, Derval de Paiva, serviu apenas para gerar especulações e anunciar que a convenção partidária acontecerá no próximo domingo (22), às 15h.

Ao final do encontro, o presidente divulgou uma nota a imprensa. Confira:

NOTA OFICIAL

Das 11:30hs da manhã às 16:00 horas da tarde desta quinta-feira(19/04), reuniu-se a Executiva Estadual do MDB/TO, conjuntamente com a totalidade da representação Mdebista da Assembleia Legislativa, bem como a representação do MDB Metropolitano na Câmara Municipal e ainda os membros do Conselho Político Abrãoo Costa e Prefeito Moisés Avelino, cuja reunião foi conduzida pelo Presidente Estadual Derval de Paiva, que abriu os trabalhos informando aos presentes que a convocação se tratava de pedido de autorização para em nome do Partido convocar a CONVENÇÃO EXTRAORDINÁRIA para o próximo dia 22/04/2018 (domingo próximo), das 15:00horas às 18:00horas, para tratar da escolha de candidatos a Governador e/ou Vice-Governador para as eleições suplementares previstas para o dia 03/06/2018, conforme Resolução baixada pelo TRE/TO na data de hoje.

Nesta oportunidade estabeleceu-se que até a data da Convenção acima referenciada o Partido via de seu Presidente buscará entendimentos com todos pré-candidatos possíveis e conciliáveis com decisão final a ser referendada através da Convenção Extraordinária do próximo domingo.

Finalmente, também à unanimidade dos presentes, ficou estabelecido que independentemente do acima deliberado o Partido aguarda, confiante, o restabelecimento judicial do mandato do Governador Marcelo Miranda, legitima e democraticamente eleito
pela população tocantinense.

Palmas-To., 19 de abril de 2.018.

Derval Batista de Paiva
Presidente Estadual

Comentários pelo Facebook: