Seet
Sobral – 300×100

Furto de energia elétrica já causou prejuízo de R$ 45,7 milhões no Tocantins

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Os prejuízos só neste ano somam R$ 45,7 milhões

Os furtos de energia elétrica já somam prejuízos de mais de 45 milhões no Tocantins somente neste ano e quem paga a conta é o consumidor. O caso foi tema de reportagem do Bom Dia Brasil, nesta segunda-feira (28).

Em um dos casos, o ‘gato’ estava bem escondido e enterrado entre as raízes de uma árvore. A fraude foi encontrada num condomínio de auto padrão em Palmas. Já num restaurante em uma área nobre da Capital foi preciso quebrar parte da parede e do piso para achar a ligação clandestina. Quem também usava energia sem pagar era uma loja de materiais odontológicos. Isso há pelo menos três meses.

O número de fraudes na rede elétrica subiu 58,76% no Tocantins. Os casos passaram de 3.829 de janeiro a julho de 2016 para 6.079 no mesmo período de 2017.

A empresa que distribui energia no Estado afirmou que só em 2017 teve um prejuízo de R$ 45,7 milhões com as ligações clandestinas. O prejuízo é repassado aos consumidores por meio de uma cobrança extra na conta de luz.

“A tarifa tem várias composições, como investimento no sistema, e as percas por furto de energia também vêm compostas na tarifa. Tem uma parcela que incide em cada cliente”, disse Helier Fioravante, gerente da concessionária.

A pena para quem rouba energia é de quatro anos de prisão.

Comentários pelo Facebook: