Sobral – 300×100
Seet

Josi articula para deixar Araguaína sem nenhum centavo da emenda de R$ 64,9 milhões

Redação -
Foto: Divulgação
Deputada defende que verba deve ficar em Gurupi

Um recurso milionário está provocando divergências na bancada federal tocantinense. Deputados e senadores precisam escolher Gurupi ou Araguaína para receber um total de R$ 64,9 milhões. A terceira opção é destinar todo o dinheiro para o Governo do Tocantins, opção já descartada pelos senadores Ataídes Oliveira (PSDB) e Kátia Abreu (PMDB).

A quantia é referente às emendas impositivas da bancada para o Orçamento da União de 2018 e não pode ser dividida entre Gurupi e Araguaína, apesar do desejo e tentativas dos parlamentares.

Por esta razão, as articulações em Brasília estão acontecendo desde a semana passada para a decisão que deve acontecer nesta quarta-feira (25).

ARTICULAÇÕES

De olho no recurso, o prefeito de Gurupi Laurez Moreira (sem partido) esteve na última quinta-feira (19), na Capital do Brasil, a convite da senadora Kátia Abreu (PMDB).

Segundo apurado, na ocasião, ficou acordado entre o prefeito, a senadora e Ataídes Oliveira (PSBD) que o dinheiro seria dividido com Araguaína, na quantia de R$ 32,4 milhões para cada.

No entanto, o Ministério da Integração não permitiu esta divisão colocando os parlamentares numa saia justa. O motivo é que uma Resolução proíbe que as emendas de bancadas resultem em transferências ou convênios com mais de um ente federativo, a exemplo de dois ou mais municípios. A saída seria direcionar apenas ao Governo do Estado que, por sua vez, faria a destinação a Araguaína e Gurupi.

O consenso sobre o assunto exige duas assinaturas de senadores e 6 de deputados federais.

A FAVOR DE GURUPI

A favor de Gurupi e contra Araguaína, a deputada Josi Nunes (PMDB) está articulando a bancada federal para que os R$ 64 milhões fiquem no município. Conforme sua previsão, Kátia Abreu e Ataídes Oliveria devem votar com ela, além do deputado federal Irajá Abreu (PSD).

Para conseguir os demais votos necessários para garantir a emenda para Gurupi, Josi Nunes pretende ainda falar com a deputada Dorinha Seabra (DEM) e com os deputados Vicentinho Jr (PR)  e Carlos Gaguim (PTN).

Porém, apesar de já apontar estratégias para garantir o recurso para o município do Sul do Estado, Josi diz que os parlamentares ainda ouvirão o prefeito de Araguaína Ronaldo Dimas (PR) e o prefeito de Gurupi Laurez Moreira para que eles ajudem a decidir se a emenda vai para o governo do Tocantins ou para uma das cidades.

“Caso fique com o governo a emenda poderá ser dividida para Gurupi e Araguaína”,  acredita Josi Nunes.

O AF Notícias entrou em contato com a deputada para dar detalhes de seu posicionamento, mas até o fechamento desta matéria não obteve resposta.

Comentários pelo Facebook: