Seet
Sobral – 300×100

MPE denuncia advogada goiana presa em Araguaína com pistola 380 e munições

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Arma estava escondida no carro.

Uma advogada que portava arma de fogo e munições sem a devida documentação foi denunciada pelo Ministério Público Estadual (MPE), no último dia 20, por porte ilegal de arma de fogo.

Fabianny Costa Rodrigues reside no município de Formosa (GO) e portava arma de fogo, tipo pistola, calibre 380 e oito munições do mesmo calibre. O material foi descoberto durante abordagem de policiais rodoviários ao carro da advogada, na rodovia BR-153, em frente à unidade operacional da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Araguaína, no último dia 17.

Segundo a denúncia, o material foi encontrado quando os policiais abordaram um veículo conduzido por Gernandy Carmo de Jesus Moura, companheiro da denunciada, tendo ela como passageira. Durante checagem da documentação do condutor, os policiais rodoviários constataram a existência de mandatos de prisão contra ele expedidos e cumpridos, razão pela qual realizaram revista interna no veículo, onde localizaram a arma de fogo municiada, além de uma outra munição escondida dentro do cabo de uma faca.

A advogada assumiu ser a proprietária da arma e foi presa em flagrante. Segundo os autos, ela afirmou que estaria sofrendo ameaças e que uma mulher cigana teria lhe entregue o artefato, por ela ser advogada de outros ciganos.

Na denúncia, além da citação da advogada, o Ministério Público Estadual requer que o caso seja oficiado à Secretaria de Segurança Pública do Estado, para que faça a alimentação de seus bancos de dados, bem como ao Instituto Nacional de Identificação (INI).

Comentários pelo Facebook: