Mulheres fugitivas de presídio alegam sequestro na BR-153 tentando enganar PRF

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação/PRF
Mulheres presas

Duas fugitivas de um presídio de Anápolis (GO) foram capturadas pela Polícia Rodoviária Federal em Gurupi, no Tocantins, por volta das 02h30 da madrugada deste sábado (24).

A PRF informou que uma equipe de patrulhamento deu ordem de parada para um veículo VW Fox, no KM 663 da BR-153, mas o motorista não obedeceu e empreendeu fuga no sentido à região norte do Estado.

A equipe acompanhou o veículo e o condutor parou o carro no acostamento, já no km 656. Em seguida, dois homens saíram do automóvel, correram e entraram no matagal às margens da rodovia.

No interior do veículo foram encontradas as duas mulheres, sendo uma de 20 e a outra de 23 anos. Conforme a PRF, elas alegaram inicialmente que eram vítimas de sequestro desde a cidade de Goiânia (GO) e que um dos sequestradores estava portando uma pistola.

Mas após apuração detalhada, foi constatado que os ocupantes do carro eram foragidos do presídio de Anápolis. A fuga ocorreu no dia 17 de fevereiro de 2018.

As duas mulheres foram detidas e encaminhadas à central de flagrantes. Equipes realizam buscas na região para localizar os outros dois fugitivos. Eles foram identificados como Marcos Felipe da Silva Santos e Zilon Pereira da Silva.

Comentários pelo Facebook: