No mesmo dia, Carlesse aprova empréstimo de R$ 453 milhões, vira governador e sanciona

Redação AF - |
Foto: Nielcem Fernandes - AF Notícias
Os líderes do agronegócio manifestaram apoio a Mauro Carlesse

Um acontecimento inédito no Tocantins quase passou despercebido em razão dos olhares estarem voltados para o troca-troca de governador.

Na manhã dessa quinta-feira (19), horas antes de Mauro Carlesse reassumir interinamente o Governo do Estado, os deputados aprovaram uma alteração no projeto de lei que autoriza o empréstimo de R$ 453 milhões junto à Caixa Econômica Federal (CEF). A sessão no Poder Legislativo foi presidida por Carlesse!

Com a mudança aprovada, Carlesse correu para o Palácio Araguaia, assumiu o cargo de governador interino e o comando do Poder Executivo, sancionou o projeto e mandou publicar no Diário Oficial do Estado. Tudo em apenas um dia!

A agilidade de Carlesse só perde para o julgamento ‘the flash’ dos embargos do governador cassado Marcelo Miranda no TSE, que durou aproximadamente 20 segundos.

A alteração no projeto foi para vincular o pagamento das parcelas do empréstimo aos repasses do FPE – Fundo de Participação dos Estado. Ou seja, uma garantia de que o banco não levará calote do Governo, já que nas condições atuais de desenquadramento fiscal, a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) não avaliza o Tocantins.

Há quem diga que se a Caixa liberar os R$ 453 milhões antes das eleições de outubro, o recurso será derretido em ‘lama asfáltica’, como fez o ex-governador-tampão Sandoval Cardoso no afã de ser reeleito.

Comentários pelo Facebook: