Sobral – 300×100
Seet

Polícia Federal fecha clínica de reabilitação em Araguaína após denúncia de maus-tratos contra pacientes

Redação AF -
Foto: AF Notícias
Clínica de Recuperação é fechada pela Polícia Federal

Márcia Costa //AF Notícias

A Polícia Federal fechou na manhã desta segunda-feira (10) uma clínica de reabilitação em Araguaína que funcionava de maneira irregular e havia suspeitas de maus-tratos contra os pacientes. A Polícia Militar deu apoio à operação. O alvo foi a Clínica de Reabilitação Revigore, localizada na Rua 16 no setor Nova Araguaína.

Durante a operação, cinco pessoas foram detidas, sendo a proprietária da clínica e mais quatro funcionários. Os 11 pacientes que estavam internados foram encaminhados à Delegacia para prestarem depoimentos.

A operação foi deflagrada após denúncia de que a Clínica funcionava sem alvará de licença e que os pacientes eram espancados e alguns ficavam cerca de 10 dias em cárcere privado.

Segundo o Delegado da Polícia Federal, Orlando Neves, quando os policiais chegaram na Clínica se depararam com três homens que estavam trancados dentro de uma sala pequena. Eles relataram que além serem espancados, são sedados e ficam em cárcere privado, caso se neguem a fazer algum tipo de atividade dentro do prédio.

“Era muita agressão, espancamento, murro na cara que partia pelo dono da clínica e coordenador. A alimentação era regrada e passávamos fome aqui dentro. Eu sou um dos que foram agredidos por motivo fútil, eles exigiam que trabalhássemos forçadamente. Tem menores de 15 e 16 anos trabalhando na construção civil, construindo muro. Graças a Deus, a Polícia Federal veio aqui. Éramos coagidos a não falar, se falássemos seriamos dopados com Neuzine de 100 e os outros remédios que apaga a pessoa e fica todo se tremendo”, relatou um dos pacientes.

Segundo os pacientes, os medicamentos eram colocados na comida. A Vigilância Sanitária esteve no local. A Polícia Federal também apreendeu vários documentos.

A reportagem não conseguiu falar com a defesa dos suspeitos. O espaço continua aberto.

Foto: AF Notícias
Agentes da PF fazendo a operação dentro da Clínica.
Foto: Divulgação
Pacientes da Clínica são encaminhados à Delegacia para prestar depoimento.

Comentários pelo Facebook: