Sobral – 300×100
Seet

Pré-candidatos de Araguaína, Aragominas, Babaçulândia e Xambioá são capacitados pela Fundação Ulysses Guimarães

Redação AF - | - 520 views
Foto: Divulgação
Pré-candidatos recebem capacitação sobre as eleições 2016.

Araguaína, norte do Estado, foi a última cidade a receber o encontro promovido neste último final de semana, pela Fundação Ulysses Guimarães do Tocantins. Na ocasião, a presidente da FUG no Tocantins, deputada Josi Nunes (PMDB), recepcionou os pré-candidatos de Araguaína, Aragominas, Babaçulândia e Xambioá.

A deputada explica que o objetivo do evento foi preparar os pré-candidatos municipais para a disputa nas próximas eleições. “O curso “Eleições Municipais: saber para vencer” é um facilitador para os pré-candidatos, eles terão acesso as informações que ajudarão bastante nas eleições, vão aprender o que pode e o que não pode nessas eleições depois da minirreforma política”, explicou Josi.

Durante o evento, os participantes realizaram sua inscrição e já acessaram a primeira aula. Os temas abordados no curso foram: os movimentos sociais e a sociedade brasileira; orientações jurídicas; aspectos contábeis e financeiros das campanhas eleitorais; marketing de campanha eleitoral; planejamento de campanha; implementação de campanha e comunicação e oratória para candidatos.

No encontro foi definido que em cada município haverá um monitor responsável por organizar e convidar mais candidatos para participarem do curso. “Queremos que cada participante seja multiplicador de conhecimento que leve para os que não puderam participar, a informação de como ter acesso aos cursos. Caso seja necessário, iremos até o município realizar o curso presencial”, disse o coordenador da FUG/TO, João Dionísio.

Os próximos encontros acontecerão na região Sul do Estado. A oportunidade é para os pré-candidatos do PMDB de todo Estado.

Além deste curso, a FUG oferece mais outros 09, tanto na modalidade EAD como presencial. Todos os cursos são gratuitos e estão disponíveis no site http://www.fundacaoulysses.org.br.

Comentários pelo Facebook: