Araguaína

Após relato de mãe, Gideon Soares solicita campanha educativa sobre surdez infantil

Pelo menos 800 milhões de pessoas sofrem alguma perda auditiva no mundo.

Por Márcia Costa | Conteúdo AF Notícias
Comentários (0)

11/02/2022 15h45 - Atualizado há 5 meses
Vereador e presidente da Câmara Gideon Soares

O vereador e presidente da Câmara de Araguaína, Gideon Soares (SD), apresentou um requerimento solicitando ao prefeito Wagner Rodrigues (SD) a realização de campanha de conscientização, prevenção e combate à surdez. O pedido foi aprovado por unanimidade pelos demais vereadores no dia 2 de fevereiro.

Segundo o parlamentar, a ideia surgiu após uma mãe procurá-lo no gabinete afirmando que uma professora descobriu na sala de aula que seu filho possuía problema de surdez, sendo, assim, necessário o uso de um aparelho que facilitou a qualidade de vida da criança, melhorando o seu aprendizado.

O requerimento pede que sejam feitas campanhas de orientações principalmente dentro das escolas, levando informação sobre os cuidados auditivos e ajudando mais crianças a terem um diagnóstico precoce.

“Quando o bebê nasce é submetido a inúmeros testes, um deles é o da orelhinha, feito para identificar quadros de surdez infantil. Porém, é importante estar sempre atento aos detalhes e saber o que se espera de acordo com cada idade, muitos passam boa parte dentro da escola, é nesse ambiente que muitas das vezes os professores detectam certos problemas”, disse Gideon.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), pelo menos 800 milhões de pessoas sofrem alguma perda auditiva no mundo. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Otologia (SBO), de cada mil crianças nascidas no País, de três a cinco já nascem com deficiência auditiva. Entre os 20 e 40 anos de idade, a surdez acomete 15% das pessoas. Já acima dos 70 anos, a prevalência pode chegar a 50%.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.